Pronto-Socorro de Várzea Grande comemora aniversário

25 ANOS
Pronto-Socorro de Várzea Grande comemora aniversário

Com cerca de 800 funcionários, entre efetivos e comissionados, com faixa de salário/base que varia de R$ 680 a R$ 1.900,00, o Pronto-Socorro atende mais de 14 mil pessoas por mês


12/09/2013    1013

Fundado em 13 de setembro de 1988, com a finalidade de promover a assistência médica à população do município, o Pronto-Socorro de Várzea Grande completa nesta sexta-feira (13.09) 25 anos de existência. A data será comemorada com a realização de uma missa solene às 15h, no pátio do órgão. Será servido um bolo para os funcionários e será concedida uma entrevista coletiva para a imprensa, onde estará sendo apresentado dados dos atendimentos, das conquistas e desafios para os próximos anos.

Na época, a ideia de se ter um Pronto-Socorro em Várzea Grande, era irreal em virtude das dificuldades financeiras, além da falta de profissionais da área da saúde existente. É o que afirma o diretor-geral do órgão, Renato Tetilla, que trabalha no órgão, desde a sua fundação. “Na época, quando foi fundado, existia meia dúzia de profissionais por especialidade. Tínhamos dificuldades e limitações, mas acreditávamos no projeto de se fazer um local de ajuda para a população”, lembra Tetilla, que cita ainda o Pronto-Socorro como o único do estado com maternidade e hospital.

Apesar de ser – como se falava na época – um postinho de atendimento avançado do Pronto-Socorro de Cuiabá, o órgão se firmou, enfrentou desafios, problemas de ordens financeiras e administrativas. Mas, superou as dificuldades e, hoje é o único do estado com Pronto-Socorro, Hospital e Maternidade e com gestão plena”, lembra o diretor geral.

Com cerca de 800 funcionários, entre efetivos e comissionados, com faixa de salário/base que varia de R$ 680 a R$ 1.900,00, o Pronto-Socorro atende mais de 14 mil pessoas por mês, incluindo;  clínica médica, internações, cirurgias e emergências. Os profissionais médicos trabalham 20 horas semanais, com escalas de 12/36. Os enfermeiros, assistentes sociais e psicólogos trabalham 30 horas semanais.

Para o diretor, o comprometimento dos profissionais nos atendimentos fez aumentar a demanda na procura. Ele informa que o atendimento das clínicas médicas, 70% dos pacientes são de Várzea Grande e 30% de outros municípios. Na internação 60% são do interior e 40% da comunidade local. “Já atendemos, de janeiro a julho deste ano, 39.816 pessoas na clínica médica. Esses números são dados históricos e gratificantes para a administração do prefeito Walace Guimarães”, revelou Tetilla.

Ele cita ainda que são servidas 2 mil refeições  diariamente aos pacientes internados e funcionários do órgão. “Servimos quatro refeições diárias, 230 para funcionários e 300 aos pacientes”.

Quanto aos medicamentos, Renato Tetilla diz que por ser gestão plena, o Pronto-Socorro tem atendido os pacientes dentro do seu estoque. “A saída dos medicamentos  é diária e, a reposição obedece os pedidos do Pronto-Socorro, Hospital e Maternidade”, argumenta.

Box 01 

“Aumentamos o número de leitos e serviços”

Desde janeiro, quando assumiu a prefeitura de Várzea Grande, o prefeito Walace Guimarães por ser médico e servidor efetivo do quadro, reafirmou a sua determinação em aumentar o número de leitos e UTI´s. Atualmente há 40 vagas disponíveis nos boxes de emergência - entre cadeiras e macas para pacientes. No hospital são 200 leitos, entre adulto e infantil. O órgão disponibiliza 02 UTI´s adultos, com 10 leitos cada, 06 leitos neonatal e 04 infantis.

 

Box 02

Veja as Especialidades existentes no Pronto-Socorro, Hospital e Maternidade de Várzea Grande

O Pronto-Socorro, Hospital e Maternidade de Várzea Grande atende todas as especialidades médicas diariamente. Existem plantões diuturnamente e todos os pacientes são atendidos conforme os critérios das procuras e emergências.

Especialidades:

03 ginecologistas

03 clínicos gerais

03 ortopedistas

03 pediatras

03 cirurgiões gerais

01 odontólogo (24 h)

01 bucomaxilofacial (24 h)

01 equipe de neurocirgião

01 equipe de cirurgião pediatra

01 equipe de cirurgião vascular

01 equipe de avaliação cardiológica

01 equipe de avaliação oncológica

01 equipe de urologia

01 equipe de cirurgia plástica.

 

Por: Pedro Ribeiro - Secom