Projeto Fortalecer da Promotoria de Justiça executa políticas públicas no enfrentamento à evasão escolar


Projeto Fortalecer da Promotoria de Justiça executa políticas públicas no enfrentamento à evasão escolar

O projeto visa combater a evasão escolar e integrar a rede de Defesa de Direitos de Criança e Adolescente, através de ações estratégicas sócio-educativas, principalmente no Ensino Fundamental


09/09/2015    396

A prefeita Lucimar Sacre de Campos recebeu na tarde de hoje (9) a procuradora-geral de Justiça Adjunta, Eliana Cícero de Sá Maranhão Ayres, que apresentou o Relatório Semestral do Projeto Fortalecer, vinculado à Procuradoria de Justiça Especializada na Defesa da Criança e do Adolescente. O projeto visa combater a evasão escolar e integrar a rede de Defesa de Direitos de Criança e Adolescente, através de ações estratégicas sócio-educativas, principalmente no Ensino Fundamental. Lucimar Campos disse que a Prefeitura tem trabalhado o Projeto Fortalecer em vários aspectos, quer seja no enfrentamento da evasão escolar e no propósito de facultar instrumentos aos gestores escolares que possibilitem desenvolver atividades preventivas e manter o interesse dos alunos dentro das salas de aulas.

A procuradora enfatizou que, sozinho, o Poder Público não consegue conter os fatores externos que envolvem não só a comunidade escolar, como também a família, que levam a criança e adolescente a não estudar. “Aplicar o Projeto Fortalecer como políticas públicas, com envolvimento da sociedade em geral e na responsabilidade para formar cidadãos e, acima de tudo, buscar atrativos com ações sócio-educativas, ainda envolvendo as famílias, é o desafio e meta do Fortalecer”.

Na concepção da procuradora, o Projeto Fortalecer intenciona despertar na sociedade em geral, a partir do Poder Público, a tarefa de cuidar de seu maior patrimônio, que são as crianças. “Portanto, ações devem ser desencadeadas no sentido de buscar o enfrentamento da evasão escolar, garantindo os direitos da criança e adolescente previstos por lei”.

A prefeita Lucimar Campos disse que na responsabilidade do Executivo em discutir nas escolas parcerias que somem nas garantias sociais da criança e do adolescente, é importante a presença do órgão fiscalizador quando desenvolve um projeto de grande envergadura, com orientações e intervenções voltadas a garantir a permanência da criança na escola. “Unificar o trabalho do Poder Público com todos os setores da sociedade é garantia prévia de que alcançaremos os nossos propósitos de conceber uma estrutura de melhor qualidade no ensino básico. Um ensino básico sólido se traduz na construção do indivíduo para o futuro”.

Na oportunidade, a procuradora foi convidada pela prefeita para conhecer os projetos das áreas da Educação e Assistência Social, que abraçam famílias que vivem em condição de vulnerabilidade social. A questão da responsabilidade de educar os filhos, ainda pontuou a prefeita Lucimar, está interligada à família e à escola, pontos primordiais para seu pleno desenvolvimento.  

O Projeto Fortalecer, idealizado pela Procuradoria de Justiça, Especializada na Defesa da Criança e do Adolescente, conta com parceria das redes estadual e municipal de ensino, Secretaria Municipal de Assistência Social, Secretarias de Educação do Estado e Município de Várzea Grande, Ministério Público e Centro Universitário de Várzea Grande - Univag.

Por: João Carlos Queiroz -