Saúde de Várzea Grande adquire 64 novos aparelhos Sonar no fortalecimento dos serviços de Pré-Natal


Saúde de Várzea Grande adquire 64 novos aparelhos Sonar no fortalecimento dos serviços de Pré-Natal

Os aparelhos serão distribuídos nas Unidades Básicas de Saúde e Policlínicas e teve investimento de R$ 57.600,00 (Cinquenta e sete mil e seiscentos reais)


13/10/2015    1155

A secretaria municipal de Saúde de Várzea Grande adquiriu 64 novos aparelhos Sonar que servem para auxiliar e auscultar o batimento cardíaco do bebê durante o Pré Natal. Os aparelhos serão distribuídos nas Unidades Básicas de Saúde e Policlínicas e teve investimento de R$ 57.600,00 (Cinquenta e sete mil e seiscentos reais). O Sonar é um importante equipamento para auxílio ao pré-natal ofertado na Rede Básica de Saúde.

A Rede de Saúde de Várzea Grande é composta por 05 Policlínicas e 15 Unidades Básicas sendo 01 Centro Integrado da Mulher (CIM), 01 Serviço de Assistência Especializada (SAE/CTA), 04 Centros de Saúde e 09 Unidades do Programa de Saúde da Família (PSF’s). A distribuição foi planejada de acordo com o número de equipes de Saúde da Família de cada Unidade. “Esses novos aparelhos vão melhorar e muito o atendimento hoje ofertado às gestantes atendidas no município. As inovações tecnológicas são sempre priorizadas pela secretaria de Saúde. No caso do Sonar, ele serve para o aprimoramento do diagnóstico e, sobretudo, para o conhecimento de doenças pré-existentes. Isso possibilita dar um melhor tratamento as pacientes”, explicou a enfermeira responsável pela Área Técnica da Saúde da Mulher da Secretaria Municipal de Saúde de Várzea Grande, Juselly Lima.

Juselly Lima reafirmou a importância dessa nova aquisição da Secretaria Municipal de Saúde de Várzea Grande. Segundo ela, as Unidades vão realizar os Pré-natal com mais eficiência e qualidade. “É um equipamento importantíssimo para a realização de um trabalho ainda mais qualificado. Assim podemos ter diagnósticos precoces, com mais propriedade, principalmente no que se refere à saúde da gestante e do bebê”, completou a Enfermeira.

Por: Carolina Miranda/Assessora de Comunicação- SMS-VG - Secom/VG