Projeto Qualidade de Vida completa 1 ano e prefeita anuncia construção de complexo esportivo e academia ao ar livre


Projeto Qualidade de Vida completa 1 ano e prefeita anuncia construção de complexo esportivo e academia ao ar livre

A Prefeita Lucimar anunciou a construção de um Complexo Esportivo orçado em R$ 3,6 milhões e a instalação de uma academia ao ar livre que servirá para abrigar não só o projeto como também incentivar outras modalidades e práticas esportivas no bairro.


29/04/2016    1156

A prefeita Lucimar Sacre de Campos participou das atividades alusivas a 1 ano do projeto "Qualidade de Vida”,  no início da noite desta sexta-feira (29), no residencial Alice Gonçalves e anunciou a construção de um Complexo Esportivo orçado em R$ 3,6 milhões e a instalação de uma academia ao ar livre que servirá para abrigar não só o projeto como também incentivar outras modalidades e práticas esportivas no bairro.

O projeto "PP Caminhada Saudável" que é desenvolvido pela equipe do vereador Pedro Paulo Tolares com enfoque em mudanças de hábitos saudáveis e na promoção da qualidade de vida de crianças, adolescentes e famílias, tem objetivo de aumentar vínculo familiar, completa  hoje (29), 1 ano no desenvolvimento de ações de educação em saúde e estímulo a práticas esportivas. 

“A sensibilização das famílias em participar de um projeto que contribui na melhoria da qualidade de vida, além de favorecer no aspecto nutricional, psicológico e social em consonância com a proposta dos orientadores do projeto é importante visto que provoca mudança de comportamento para hábitos saudáveis. Dentro desta visão é que a Administração Pública anuncia a construção do Complexo Esportivo e a instalação da academia ao ar livre no suporte a projetos desta envergadura.Tudo que agrega valores familiares e unidade para o bem comum comunga com meu modo de administrar. São iniciativas como esta que devem ser seguidas e propagadas”, pontuou a prefeita.

Para o vereador Pedro Paulo Tolares,  idealizador do projeto,  o objetivo inicial foi o de estimular as pessoas a mudarem seu estilo de vida, a adotarem hábitos mais saudáveis e a prevenção de doenças. Deu tão certo que passou a ser executado em mais quatro comunidades alcançando a participação de mil pessoas, entre crianças, jovens e familiares que efetivamente estão inseridas nas cinco comunidades.

“Semeamos saúde com mais vida e bem estar que são fatores determinantes do sucesso do projeto. Fortalecemos o vínculo entre as famílias, além da prática esportiva e prevenção de doenças por meio da adoção de hábitos saudáveis que o projeto provoca. É muito gratificante ver unidos famílias inteiras das comunidades envolvidos com o conceito do projeto. É com grande satisfação que recebemos hoje a notícia de investimentos em infraestrutura que estimula a prática esportiva das comunidades”, destacou o vereador.

O vereador disse ainda que existem  relatos de pessoas que antes de participar do projeto eram ociosas, outras portadoras de doenças como depressão e ansiedade e obesidade. Após ingressarem no projeto com participação ativa esses quadros foram gradativamente desaparecendo validando assim o projeto como necessário e fundamental para vida deles. 

A moradora do bairro Cidade de Deus, Daiane Oliveira dos Reis, 23 anos, acompanhada do marido Elton Mordomi Alves de Souza, e seu bebê de 10 meses Rafael Oliveira Alves Pessoa disse que ela e sua família participam ativamente do projeto que já trouxe resultados no bem estar de sua saúde e proporcionou emagrecimento após o parto de forma expressiva.  

Já a dona Uzeline Batista de Assis, 49 anos, moradora do Santa Izabel diz que não falta nenhuma aula das atividades do projeto. “Eu tinha sérios problemas de saúde e tomava remédios fortes por conta da hipertenção e insônia. Participando do projeto com orientação dos profissionais larguei os remédios e vivo mais intensamente e tranquila. A prática esportiva me deu mais bem estar,  energia e qualidade de vida”.

A estudante Graciele Esthefani Cruz, 27 anos, disse que não tinha condições financeiras de pagar uma academia. “Sendo o projeto de livre participação ingressei e já percebo resultados positivos. Mudei o modo de comer, aprendi o valor nutricional dos alimentos o que me ajudou no processo de emagrecimento”.

O projeto está instalado nos bairros Mappim, Jardim Glória,  Jardim Paula I e no Parque Berneck. As atividades laborais acontecem duas vezes por semana, nos períodos matutino (5 às 6h) e noturno (17h30 às 18h30). A Meta é expandir para mais bairros da cidade. Fazem parte das atividades a exposição de alimentos saudáveis, ginásticas, aeróbicas, danças, capoeira e teste de glicemia, além de orientação de profissionais nutricionistas na combinação de alimentos em suas variedades e qualidades. Incentivo ao consumo de alimentos naturais com alto valor nutricional também são propostas do projeto.

Por: Cláudia Joséh - Secom/VG