Transporte coletivo de Várzea Grande ganha nova frota com 45 ônibus zero quilômetro
RENOVAÇÃO

Transporte coletivo de Várzea Grande ganha nova frota com 45 ônibus zero quilômetro

Os veículos serão destinados às linhas intermunicipais e municipais

A população de Várzea Grande está recebendo hoje (15), 45 ônibus zero quilômetro da concessionária local de transporte coletivo, a União Transporte e Turismo Ltda. Os veículos serão destinados às linhas intermunicipais e municipais e todos os modelos ofertam acessibilidade, wi-fi, bilhetagem eletrônica, câmeras de segurança, reconhecimento facial. A entrega realizada de forma simbólica nesta manhã, no pátio da prefeitura municipal, com a exposição dos novos ônibus, selou o compromisso firmado no ano passado entre a Administração Pública e a concessionária, via Decreto, ao autorizar o reajuste da passagem do transporte, que foi elevada para R$ 3,60. Uma das várias condicionantes à concessão do reajuste era justamente a renovação da frota até o primeiro semestre de 2016.

Todos os veículos com ano de fabricação anterior a 2007 foram retirados de circulação pela empresa. Os com produção entre 2010 e 2012 serão reformados. Cerca de dez linhas, como Parque do Lago, Universidades (UFMT, UNIC, IVE), Mario Andreazza, Coxipó, Rodoviária, Shopping Pantanal, receberão o reforço dos novos ônibus a partir de hoje. Dos 45 veículos novos, 28 possuem ar-condicionado.

O secretário de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana, Breno Gomes, destaca que o sistema de transporte coletivo de Várzea Grande está passando por uma mudança estrutural que não restringe apenas à renovação da frota. “A concessionária do sistema municipal de transporte coletivo, cumpre o que ficou registrado em Decreto Municipal quanto à renovação da frota com a inclusão de novos veículos, inclusive equipados com instrumentos de acessibilidade para portadores de necessidades especiais. A União Transporte se comprometeu ainda reformar os veículos que se encontram em condição de uso”.

O secretário Breno, explica ainda que o Decreto se cumpre com as reformas estruturais que a concessionária está realizando no Terminal André Maggi, como a reforma dos banheiros, das plataformas de embarque e desembarque, sinalizações como as faixas de segurança e o melhoramento da acessibilidade, promovendo a revitalização geral do espaço.

Outro ponto em plena execução é a reforma de 90 abrigos de ônibus existentes e ainda a entrega 30 novos pontos ao Município. Dos 90 abrigos já existentes, 70 já foram revitalizados. Dos 30 novos pontos de ônibus, 20 já estão à disposição da população. “Tudo isso que está sendo realizado foi previsto no acordo para o aumento da tarifa que já está em vigor desde o 1º de março deste ano, cujo cálculo oficial foi apresentado pelo Conselho Regional de Economia (Corecon), com a avaliação do corpo técnico da Secretaria de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana e a aprovação da Agência de Regulação e Serviços Delegados de Mato Grosso (Ager)”, explica o secretário Breno Gomes.

“Os novos ônibus estarão reforçando o sistema de transporte coletivo no Município e empenham o compromisso da atual gestão com a qualidade de vida dos usuários, especialmente dos trabalhadores que dependem diariamente deste meio de transporte. A Administração Municipal recuperou a malha viária da cidade, com foco nas vias por onde os ônibus circulam. Várzea Grande está fazendo Justiça Social ao integrar poder público e a concessionária em benefício da população”, pontuou o secretário de Governo, César Miranda.

O presidente da União Transportes, Rômulo Botelho, explica que o investimento total na aquisição da nova frota e na tecnologia embarcada em cada veículo ficou em torno de R$ 16 milhões. “Trinta por cento da frota operacional foi renovada, uma decisão audaciosa para o atual momento econômico do país e um volume que certamente é um dos maiores para o período em todo o Brasil”, avalia. O empresário destaca que a revitalização da infraestrutura que vem sendo realizada pela prefeitura, especialmente no tocante à recuperação da malha viária nos bairros, foi determinante para o atual investimento. “Fizemos neste semestre uma das maiores renovações de frota do País e espero que a população, que tanto clamava e aguardava por veículos melhores, nos ajude na conservação desses bens, que são da coletividade”.

O presidente da Associação dos Usuários de Transporte Coletivo de Várzea Grande (Assut/VG), Marcos Oliveira, destaca que é preciso reconhecer que a nova frota é de fato um ganho ao Município e à população. “Sempre cobrávamos melhorias e agora vieram ônibus novos, zero quilômetro e todos com acessibilidade”.

Há cinco anos na União Transporte, o motorista Gabriel Nunes, disse que já teve a oportunidade de testar o novo modelo e que de fato, a tecnologia embarcada faz toda a diferença. “Não apenas ao passageiro, que terá mais conforto e segurança, como para gente, já que o veículo é mais leve, mais silencioso, não trafega com as portas abertas ou semi-abertas, tem monitoramento e rastreamento”.

Mileidy da Silva, é uma das quatro motoristas da empresa, faz a linha municipal São Matheus/Centro e está há quase três anos na União Transporte. Ela também testou o novo modelo e além de uma dirigibilidade mais leve e de todos os recursos de segurança e conforto, duas coisas chamaram à atenção: “O silêncio do motor e o fato dele não esquentar tanto o espaço do motorista como os modelos mais antigos fazem”.