Governo firma convênio para construção de três novas escolas estaduais, em Várzea Grande


O investimento totaliza R$ 19,2 milhões, sendo que cada uma das unidades custará R$ 6,4 milhões

O Governo do Estado assinou nesta quinta feira (29), o Termo de Convênio com o município de Várzea Grande para construção de 3 novas escolas estaduais. O investimento totaliza R$ 19,2 milhões, sendo que cada uma das unidades custará R$ 6,4 milhões, recursos repassados pelo Estado diretamente para o município com contrapartida da Prefeitura de Várzea Grande de R$ 256 mil para cada unidade escolar. As obras fazem parte do Pró-Escolas, um programa instituído pela Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) que abrange estrutura, ensino e inovação, tendo como foco a busca por melhorias no ensino-aprendizagem. 

O secretário de Estado de Educação, Esporte e Lazer, Marco Marrafon explicou que as unidades escolares seguem um projeto padrão de construção que vai oferecer boas condições de aprendizado para os alunos. “O objetivo é fortalecer a Rede de Ensino nos municípios e acreditamos que o convênio que estamos estabelecendo com o município está sendo essencial para o fortalecimento da educação e melhoria dos indicadores sociais”, comentou. Destacando os avanços nos indicadores da educação com a redução do analfabetismo e da evasão escolar e melhoria do aprendizado do Ensino Público Estadual. “As escolas terão 16 salas de aula, refeitório e quadra poliesportiva coberta. Serão 4.001,50 m² dotadas de infraestrutura e conforto para que os alunos tenham um bom desempenho escolar”, disse. 

A Prefeita Lucimar Sacre de Campos disse que o Governo do Estado tem se mostrado sensível ao município com investimento na Educação Fundamental, essencial para a melhoria dos indicadores e da própria qualidade e desempenho dos alunos no Ensino Médio. “O intuito é reunir esforços para que todos tenham condições de aprimorar a Educação seja no Ensino Básico ou Fundamental. O importante é que nossas crianças e jovens sejam acolhidos e o acesso ampliado para que tenham uma educação de qualidade”. 

Lucimar Campos disse ainda que as escolhas dos bairros onde as unidades escolares serão construídas fazem parte do Planejamento estratégico da Educação Municipal acordado com as reivindicações das comunidades e indicações parlamentares. A exemplo da escola que vai ser edificada no bairro São Simão, sendo indicação  do vereador Claido Celestino.  Já do bairro Gonçalo Botelho foi indicação do presidente da Câmara de Vereadores, Jânio Calixto. A outra unidade da região do São Mateus e Parque Sabiá que é uma reivindicação antiga da comunidade. 

Combate ao Analfabetismo: No ato da assinatura do Termo do Convênio para construção das escolas, a Seduc/MT e o município de Várzea Grande estabeleceram o Termo de Cooperação Técnica na implantação de um projeto piloto de combate ao analfabetismo. Para o projeto ‘Muxirum’ estão inclusos 4 municípios, Várzea Grande, Acorizal, Jangada e Tapurah. O objetivo é implementar ações conjuntas que assegurem a instrução de pessoas jovens, adultas e idosas desses municípios.