Sorteio define onde famílias vão morar no Residencial São Benedito


Residencial São Benedito é um dos muitos que se encontravam sem contemplar moradores de Várzea Grande e que a Administração Municipal pretende entregar.

Um dos principais eventos da programação do Jubileu dos 150 Anos de Fundação de Várzea Grande, a entrega de 1.281 casas do Residencial São Benedito, marcada para o dia 15 de maio, vai ter o sorteio dos lotes e quadras no próximo sábado, 29, na Sede da Guarda Municipal de Várzea Grande.

“Vamos resgatar um compromisso da cidade de Várzea Grande para com sua gente e entregar o legítimo direito a moradia”, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos ao frisar que está empenhada para que todos os residenciais construídos e ainda não entregues tenham o mesmo destino do São Benedito, ou seja, contemplem as famílias de Várzea Grande.

A Prefeitura de Várzea Grande, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Econômico e Turismo publicou convocação dos candidatos beneficiários considerados aptos do “Programa Minha Casa Minha Vida” do Residencial São Benedito – Etapas 1, 2 e 3, para participarem do sorteio que definirá a localização das residências.

No sorteio também é firmado a vinculação das unidades habitacionais aos respectivos beneficiários do Programa, que totalizam das 1.281. O ato ocorre na Secretaria de Defesa Social, localizada na Avenida da Feb, bairro da Manga, às 8h30. O edital de convocação será publicado amanhã (28), no Diário Oficial Eletrônico dos Municípios de Mato Grosso, com a lista dos nomes dos beneficiários.

As unidades foram distribuídas em 3 etapas; São Benedito I, 498 unidades; São Benedito II, 500 e São Benedito III, 283 unidades. As moradias foram sorteadas em 25 de maio de 2016, com a participação de órgãos de fiscalização e controle, Ministério Público Federal (MPE) e Polícia Federal, além da auditoria do Banco do Brasil. O sorteio cumpriu todo o rito e critérios normativos do Governo Federal.

De acordo com o titular da Pasta, Kalil Baracat a iniciativa é muito importante para que se possa garantir o direito à moradia. “A realização desse sorteio confirma o caráter de transparência e continuidade da política habitacional, que é o cerne para enfrentar o desafio do déficit habitacional crônico em nosso País, de 6 milhões de casas. Se não houver uma política de continuidade permanente, que ultrapasse as gestões, fica difícil fazer esse enfrentamento em profundidade. Assim, Várzea Grande constrói-se a perspectiva de acesso às unidades habitacionais com mais democratização e transparência”, declara.

Kalil disse também que cada família sorteada vai receber um cartão com o número da moradia e sua quadra. “O sorteio cumpre a política de transparência e lisura para não haver favorecimento sobre as localidades de melhor referência. Sendo assim, é uma regra estabelecida de forma igualitária e segue as determinações e critérios do Programa Federal “Minha Casa Minha Vida””, explica.

O secretário disse ainda que a política habitacional também está vinculada a mudanças de urbanização no entorno das casas, melhorias nas habitações e regularização fundiária, além de instrumentos públicos como Programa de Saúde da Família (PSF), escolas, creches, entre outros.

Confira em anexo a lista dos nomes dos contemplados no sorteio de localização.