150 anos: Assembleia Legislativa realiza pela primeira vez sessão solene na Câmara Municipal


A prefeita Lucimar Sacre de Campos foi a grande homenageada com a Comenda “Senador Filinto Müller”, e ainda com a ‘Moção de Congratulação’

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL/MT) realizou nesta manhã (12), na Câmara Municipal de Várzea Grande, uma Audiência Pública em homenagem aos 150 anos de Fundação da cidade. Foi a primeira vez que a Casa de Leis do Estado vem até a cidade celebrar essa data no Município. A sessão solene foi requerida pelos deputados Eduardo Botelho, presidente da Assembleia e pelo 1º vice-presidente, Gilmar Fabris.

Além de tratar dos desafios e oportunidades para os próximos anos da cidade, a Assembleia homenageou com comenda e moções personalidades que contribuíram e contribuem para o desenvolvimento de Várzea Grande.

A prefeita Lucimar Sacre de Campos foi a grande homenageada com a Comenda “Senador Filinto Müller”, uma Ordem do Mérito Legislativo para personalidades que fazem a diferença na sociedade mato-grossense. A prefeita foi homenageada ainda com a ‘Moção de Congratulação’, reconhecimento público entregue pela Assembleia às pessoas que se mobilizaram em prol do desenvolvimento de Várzea Grande. As condecorações foram recebidas pelo secretário municipal de Assuntos Estratégicos, Jayme Campos.

Ao todo foram entregues 42 ‘Moções de Congratulações’ para várzeagrandendes que atuaram e atuam em vários segmentos da sociedade. Entre os homenageados, estiveram o secretário de Assuntos Estratégicos, Jayme Campos, o ex-prefeito Júlio Domingos de Campos – Seo Fiote, pai de Jayme e Júlio Campos – e o coordenador de Fiscalização da secretaria de Gestão Fazendária, Paulo Silva.

A audiência ainda teve dois momentos importantes. O presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho, doou à Câmara Municipal o canal digital 30.2 para a instalação da TV Câmara de Várzea Grande, de onde passarão a serem transmitidas para todo o Estado as sessões plenárias e as ações dos vereadores.

Ainda em comemoração ao sesquicentenário do Município, o presidente da Assembleia entregou ao secretário Jayme Campos, que no ato representou a prefeita Lucimar Campos, a cópia do projeto de Lei que autorizou a emancipação política e administrativa de Várzea Grande em 23 de setembro de 1948.

Ao abrir a audiência pública, o presidente da Assembleia, deputado estadual, Eduardo Botelho fez questão de destacar que estar conduzindo uma sessão em Várzea Grande, a primeira da Casa, era mais que um privilégio, “e sim uma obrigação, pois estava na segunda maior cidade do Estado, cidade que registrou um crescimento gigantesco nos últimos anos, expansão essa que impactou na realidade da cidade. E agora, é mais que necessário buscar formas de dinamizar a economia e o desenvolvimento local”.

Para o presidente, Várzea Grande tem uma logística de acessos que lhe permite ter no turismo uma grande atividade econômica, geradora de oportunidades, empregos e renda. “O turismo é a segunda maior indústria do mundo e Várzea Grande tem uma logística de acessos a vários cenários aqui na Baixada Cuiabana, gastronomia, artesanato e isso tudo agrega valor a sua identidade”.

O Vice-prefeito, José Hazama reforçou ainda que a região conhecida como ‘Chapéu do Sol’, desponta hoje como o grande catalisador de investimentos, sendo o local que mais se desenvolve na cidade. “Desenvolver turismo, vender a cultura local e ter orgulho disso. Várzea Grande recuperou sua autoestima e o próximo passo é saber vender o que tem de melhor”.

O primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, o deputado Gilmar Fabris (DEM), disse que a confiança na atual gestão de Várzea Grande tem permitido o resgate da confiança e a realização de parcerias para obtenção de recursos. “Vemos que a prefeita Lucimar gerencia os recursos públicos, duplica o que tem e transforma em obras e ações. Eu já trouxe duas emendas para Várzea Grande e tenho muito orgulho em contribuir para a transformação dessa cidade”. As emendas do deputado somam mais de R$ 5 milhões e estão sendo aplicadas na reforma geral do Ginásio Poliesportivo Fiotão e do Pronto-Socorro e Hospital Municipal, além da pavimentação asfáltica.

O deputado federal Fábio Garcia destacou que Várzea Grande retomou uma administração política e administrativa séria e com retorno à sociedade. “Aproveito essa oportunidade, durante as comemorações pelos 150 anos de Várzea Grande para reforçar meu compromisso de trabalho com essa cidade para fazer com que volte a ser um Município de oportunidades ao Estado”.

O presidente da Câmara Municipal de Várzea Grande, Benedito Curvo, destacou que há muitos anos o aniversário da cidade não era tão celebrado como passou a ser na gestão da prefeita Lucimar Campos, especialmente o que foi programado para os 150 anos.

“O conjunto de obras que estamos entregando e lançando nos últimos dias é algo que há muitos anos não víamos na nossa cidade e são empreendimentos de grande valia para toda a sociedade”.

Para o secretário de Assuntos Estratégicos, Jayme Campos, a audiência pública realizada pela Assembleia Legislativa é a maior prova da harmonia e credibilidade entre os poderes e de reconhecimento ao trabalho que está sendo realizado em Várzea Grande.

“Somos uma cidade heterogênea e de problemas da mesma dimensão. No entanto, a prefeita Lucimar realiza uma administração ousada e transparente, que acima de tudo busca o resgate social. Câmara Municipal e a população estão caminhando lado a lado com o Executivo e contribuindo com os avanços que já contabilizamos em dois anos desde que a prefeita assumiu, em 8 de maio de 2015. A cidade estava abandonada, como se não tivesse dono. Agora com a autoestima recuperada, todos cuidam da nossa cidade”.

O secretário reforçou que atualmente existem 70 obras em andamento, o que abriu 5 mil frentes de trabalho pela cidade. “Recuperamos o Programa de Aceleração do Crescimento, o PAC, que vai injetar quase R$ 500 milhões em obras de infraestrutura básica, como esgoto e pavimentação. Recuperamos 200 quilômetros de asfalto, vamos construir mais sete escolas, já reconstruímos em dois anos oito unidades escolares e inauguramos uma creche. Aqui trabalhamos, porque aqui moramos e vivemos nessa cidade. Vamos avançar pelo bem estar da nossa Várzea Grande e toda sua população”.

A sessão foi acompanha pelo vice-prefeito, José Hazama, secretários municipais, representantes do judiciário, do Tribunal de Contas do Estado (TCE), representantes da sociedade civil organizada e de associações de bairros, militares e foi transmitida ao vivo para todo Estado.

Os alunos da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB), ‘Salvelina Silva’, por meio do Coral Canto e Encanto, apresentaram canções, sob a regência de Wilson Brás.