DAE/VG realizou mais de 70 mil serviços no primeiro quadrimestre de 2017
INVESTINDO NO FUTURO

DAE/VG realizou mais de 70 mil serviços no primeiro quadrimestre de 2017

Meta da Administração Municipal é reforçar investimentos para melhorar os serviços prestados em uma área essencial como abastecimento de água

Dentro da nova política adotada pelo Departamento de Água e Esgoto de Várzea Grande – DAE/VG, de otimizar as ações de abastecimento de água e esgotamento sanitário, foi implementada uma série de medidas com metas estabelecidas e que resultaram nos primeiros quatro meses deste ano de 2017 em mais de 70 mil serviços prestados a população. 

Os serviços são de novas ligações, reparos na rede de abastecimento de água e esgoto, instalações de novos hidrômetros, bem como troca de antigo e cortes no fornecimento de água para aqueles consumidores inadimplentes com a instituição. 

No orçamento do DAE/VG para 2017, estão previstos investimentos da ordem de R$ 4 milhões em recursos próprios vindos da arrecadação das contas, fora os investimentos que estão sendo feitos através do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC. 

“Temos um órgão público que existe para atender a população, sendo que para isto precisamos de recursos que vem do pagamento das contas, por isso trabalhamos de forma incansável para diminuir a inadimplência e as ligações clandestinas que prejudicam indistintamente a todos, ou seja, mesmo os que estão em dia com suas obrigações acabam sendo prejudicados”, disse o presidente do DAE/VG, Ricardo Azevedo Araújo. 

Ele informou que hoje existem 77 mil ligações e economias, explicando que as economias são empresas, hotéis, edifícios onde existem mais de uma ligação de água ou de esgoto por endereço. 

De acordo com balanço realizado pela diretoria comercial da autarquia, somente no primeiro quadrimestre foram 1.986 vistorias e 423 novas ligações efetuadas. 

O DAE/VG registrou 9.499 cortes de água, o que dá uma média de mais de 2 mil cortes por mês, um número considerado alto.

Nos meses de janeiro e fevereiro foi deflagrada pelo DAE/VG, uma campanha intitulada “Inadimplência Zero”, visando abrir a perspectiva para que o consumidor pudesse procurar o órgão para regularizar sua situação e permitir que a instituição melhorasse sua arrecadação para investir em novas obras de melhoria. 

“Nossa meta é atender bem, mas para isto precisamos de recursos que vem das contas pagas, pois a população precisa compreender que existem custos para captação da água, tratamento com produtos químicos e a distribuição para ser consumida”, disse Ricardo Azevedo Araújo. 

Segundo o presidente, uma nova metodologia de relacionamento com o consumidor está sendo novamente aplicada que é o DAE/VG Itinerante, aonde o órgão vai a determinado bairro ou região e atende o consumidor no sistema de  Mutirões de Conciliação em parceria com o Tribunal de Justiça de Mato Grosso. 

“É essencial à arrecadação para o DAE/VG, mas também estamos preocupados em atender, dentro de nossa realidade a demanda por serviços de qualidade”, disse o presidente apontando que existe um Termo de Cooperação assinado com o Poder Judiciário para assegurar legalidade e parcelamento nas dividas existentes para com o DAE/VG. 

Seis equipes técnicas percorreram os bairros de Várzea Grande para conscientizar a população sobre a necessidade de manter a conta de água em dia. “A água é essencial e esperamos que os inadimplentes paguem, assim, geramos recursos para o DAE/VG e investimos mais para melhorar o atendimento a população”, explicou o diretor, Ricardo Azevedo Araújo. 

As equipes técnicas também estiveram empenhadas em reparos dos mais diversificados. Foram 684 serviços executados, destes, estão inclusos reparos em rede de esgoto (78), padronizações de cavalete (164) e consertos. 

Os hidrômetros de 888 residências de Várzea Grande foram substituídos por aparelhos novos e mais modernos nestes primeiros meses, o que visa evitar desperdícios no consumo e garantir transparência entre o fornecimento de água e a cobrança das contas. Segundo Ricardo, os trabalhos a frente do DAE são incessantes. “Nossa meta é sempre melhorar o atendimento a população de Várzea Grande. Nosso trabalho é constante”, afirmou.