Homem é preso pela Guarda Municipal por embriaguez e direção perigosa em Várzea Grande


lei 11.705 de 2008, estabelece crime por dirigir alcoolizado e a pena varia de seis meses a três anos de detenção, multa, e suspensão ou proibição para dirigir.

O motorista R.A.S., de 30 anos, foi detido pela Guarda Municipal de Várzea Grande por dirigir embriagado e realizar manobras arriscadas. O acusado foi flagrado por volta das 01h da madrugada, nesse domingo, 18 de junho, pelos agentes da Guarda Municipal conduzindo um automóvel Ford Ranger, na Avenida Ulisses Pompéu de Campos, no centro da cidade. 

Ao ser abordado, os agentes deram voz de prisão pelo motorista aparentar estar sob efeito de bebida alcoólica. O condutor fez o teste de bafômetro que constatou uma dosagem de álcool de 0,77 mg/l (15,4 decigramas de álcool por litro no sangue). O carro também foi apreendido e o motorista encaminhado à central de flagrante  da Delegacia de Polícia Civil. 

A Guarda Municipal de Várzea Grande orienta que dirigir com concentração de álcool por litro de sangue igual ou superior a 6 decigramas é crime, sujeito à detenção, mesmo que o motorista não provoque risco a outras pessoas. O entendimento está na lei 11.705 de 2008, que estabelece crime por dirigir alcoolizado e a pena que varia de seis meses a três anos de detenção, multa, e suspensão ou proibição de obter a permissão ou habilitação para dirigir.