Várzea Grande entrega 20 kits de irrigação para pequenos produtores rurais


A entrega será no dia 8 de agosto, às 9 h, no Parque Ecológico Tanque do Fancho

Pequenos produtores rurais de Várzea Grande receberão no próximo dia 08 de agosto, 20 kits de irrigação por gotejamento. A entrega será realizada às 9h, no Parque Ecológico Tanque do Fancho. Os kits foram doados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) no final do mês de maio, e são compostos por pressurizador, mangueira para 500 m² de terreno e caixa d’água cada um, o que cobrirá uma área total de 1 hectare sobre a agricultura familiar em Várzea Grande.

De acordo com a secretária municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável, Helen Farias Ferreira, esse tipo de equipamento de irrigação que será entregue aos agricultores familiares garante uma economia de até 60% do uso de água na lavoura, preserva o solo e gera maior rentabilidade ao produtor. “Além de evitar o desperdício de água, a tecnologia de irrigação por gotejamento impede o desenvolvimento de ervas daninhas na lavoura, acabando com o trabalho de limpeza permanente ao redor da plantação”, salienta a secretária.

Outro aspecto importante da tecnologia está relacionado ao melhoramento da produção, uma vez que a quantidade de água pode ser regulada de acordo com a necessidade da planta, técnica desenvolvida por Israel e já usada em todo o mundo. “Desde que recebemos esses kits em maio, realizamos visitas técnicas aos pequenos agricultores e fizemos uma seleção levando em consideração a existência do recurso hídrico na propriedade e o tipo da produção existente”, explica a secretária.

Ainda segundo Helen, Várzea Grande possui uma política de desenvolvimento rural que investe em equipamentos e na qualificação do pequeno produtor. “Os agricultores aprendem as técnicas corretas, desde a gestão até o cultivo. Essa agora será uma nova etapa com a entrega do kit irrigação. A experiência nos mostra que com isso se aumenta em até 35% a produtividade e, em alguns casos, conseguimos viabilizar a produção onde não existia em determinadas propriedades”, comenta.

O sistema de irrigação é completamente apto para ser utilizado em plantações de hortaliças, pequenos pomares e pequenos cultivos de feijão, mandioca e milho, lavouras que caracterizam a pequena produção, garantindo a oferta dos alimentos em escala durante todo o ano. A instalação é considerada simples, a água para irrigação chega até a lavoura por gravidade, dispensando o uso de energia elétrica e o sistema por gotejamento abastece a lavoura.

“Em Várzea Grande, 60% da produção de hortaliças e legumes (olericultura) são da agricultura familiar e de pequenos produtores, destinados à merenda escolar ou à programa sociais que a administração municipal realiza a exemplo de feiras populares. E esses kits vêm incrementar a produção com qualidade e quantidade para continuidade e fixação das famílias no campo”, destaca a secretária municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável.