Várzea Grande inicia multivacinação na atualização da caderneta de vacina


Pellentesque erat arcu Estão disponíveis 25.900 doses de vacinas contra 18 tipos de doenças diferentes. A campanha de multivacinação voltada a crianças, adolescentes, adultos e idosos

Teve início nesta segunda-feira (11), em Várzea Grande, a campanha de multivacinação voltada às crianças, adolescentes, adultos e idosos. Estão disponíveis 25.900 doses de vacinas contra 18 tipos de doenças diferentes. A campanha segue até o dia 22 de setembro em todas as unidades de saúde da cidade em horário comercial, exceto no Pronto-Socorro Municipal e na Unidade de Pronto Atendimento do Ipase. O dia “D” de vacinação está marcado para ocorrer no próximo sábado, dia 16 de setembro, quando 150 profissionais da saúde estarão atendendo em 22 unidades do município das 8h às 17h.

De acordo com o diretor de Vigilância em Saúde, Juliano Silva Melo, o objetivo da campanha de multivacinas é de atualizar a carteira de vacinação de todos os públicos e faixas etárias existentes. “Essa campanha é realizada anualmente pelo Ministério da Saúde para estimular a atualização da carteirinha de vacinas. Para tanto, os profissionais dos postos de saúde irão conferir e atualizar as cadernetas e aplicar as doses em atraso, seja de crianças, adolescentes, adultos ou idosos”, afirmou Juliano, ressaltando que o público mais difícil de se alcançar em Várzea Grande são os adultos e adolescentes. “Chamamos esse público em especial, pela dificuldade que temos de alcançá-los. Nessas duas faixas etárias temos vacinas específicas a exemplo da febre amarela e do HPV, e poucos vêm receber as vacinas gratuitamente”, alerta Juliano.

O diretor de Vigilância em Saúde lembra também que todas as vacinas dos calendários infantil, juvenil, adulto e para idosos estão sempre à disposição da população. “As unidades de saúde de Várzea Grande sempre disponibilizam as imunizações obrigatórias da caderneta de vacinação. Essa campanha irá atualizar quem se esqueceu de comparecer aos postos de saúde e chamar a atenção para quem não sabia que deveria se vacinar”, destaca Juliano, orientando que como na vacinação de rotina, basta levar a carteirinha e documento de identificação para verificação de quais imunizantes serão necessários.

Para crianças menores de 05 anos não vacinadas é possível imunizar contra BCG, Hepatite B, VIP, penta, VOPb, rotavírus humano, pneumocócica 10 valente, Meningocócica C conjugada, febre amarela, tríplice viral, tetra viral ou tríplice viral + varicela (atenuada), DTP, Hepatite A e varicela.

Para adolescentes entre 7 e 15 anos é possível vacinar contra a Hepatite B, febre amarela, tríplice viral, dT, dTpa, Meningocócica C conjugada, HPV e varicela.

Já para adultos e idosos, as vacinas disponíveis para atualização da caderneta são HPV, dT e dTpa, Meningocócica, varicela, febre amarela e hepatite. A Vigilância em Saúde lembra que vacinas contra a gripe não estarão disponíveis por se tratarem de campanhas sazonais e específicas.