Há esforços para concluir campus


Lucimar Campos não apenas assegurou que vai procurar as autoridades federais como também a Bancada Federal para buscar uma solução para a conclusão das obras do campus

Reitora da UFMT, Myrian Serra formalizou à prefeita Lucimar Sacre e ao secretário Jayme Veríssimo de Campos a interferência junto ao ministro da Educação, Mendonça Filho, para que libere recursos para a conclusão das obras do campus da universidade no município e a estruturação para que seu funcionamento seja imediato.

“A turma de Várzea Grande já está estudando, mas em Cuiabá, porque atrasou o cronograma das obras. Hoje necessitamos de R$ 3 milhões para concluir as obras e mais R$ 12 milhões para equipamentos para que em 2018 essa estrutura esteja funcionando e possamos contribuir de forma decisiva par ao Parque Tecnológico”, disse Myrian Serra.

Lucimar Campos não apenas assegurou que vai procurar as autoridades federais como também a Bancada Federal para buscar uma solução para a conclusão das obras do campus.

Jayme Campos já encaminhou pedido ao Ministério da Educação para que o ministro Mendonça Filho agende uma audiência. “Os recursos constam do Orçamento Geral da União e da Lei de Diretrizes Orçamentária, bastando apenas que haja um planejamento para que estes recursos sejam liberados ainda em 2017. Fora isto vamos conseguir colocar em funcionamento, pois o campus da UFMT e do IFMT será um incentivo para o Parque Tecnológico que vai mudar o perfil econômico da Grande Cuiabá”.