Coleta Seletiva inicia nesta terça (10) no Nova Várzea Grande


Durante 30 dias os trabalhos serão intensificados na região com a finalidade de fomentar a população de modo geral que faça a separação da reciclagem e do lixo orgânico descartado

O projeto piloto de coleta seletiva de responsabilidade social – “Seja amigo do catador” – é uma iniciativa da Secretaria de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana que se trata de uma ação sustentável. A separação dos materiais recicláveis e orgânicos terá início a partir desta terça-feira (10), no bairro Nova Várzea Grande. O projeto piloto visa à promoção de uma mudança de hábito e de comportamento da sociedade que contribuirá na diminuição da degradação do Meio Ambiente e dessa forma também, gerar renda aos catadores da cidade.

Durante 30 dias os trabalhos serão intensificados na região com a finalidade de fomentar a população de modo geral que faça a separação da reciclagem e do lixo orgânico descartado. Todos moradores vão receber embalagens apropriadas para a devida seleção do resíduo sólido.

O projeto é uma idealização da Secretaria de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana e conta com a parceria do Ministério Público do Estado de Mato Grosso, empresa Locar e Associação dos Catadores de Material Reciclável de Várzea Grande – ASSCAVAG.

Para o Secretário Breno Gomes, a conscientização por meio da educação ambiental é importante e mais eficaz. “As pessoas precisam reconhecer que é necessário fazer o descarte correto do resíduo em seu dia a dia. É uma atitude simples que contribui com o meio ambiente. O projeto faz parte do Plano Sustentável para Mobilidade Urbana e será levado a todos os outros bairros da cidade. O processo de separação do lixo é importante para o meio ambiente, pois auxilia na preservação do solo e da água, bem como na limpeza da cidade”, ressaltou.

Vale destacar que os materiais reciclados são papéis, copos descartáveis, papelão, jornais, latas, embalagens, revistas, entre outros, que serão recolhidos pela Associação, que fará a seleção e ficará responsável pela sua reciclagem.

Conforme o secretário a proposta inicial do projeto foi feito com a conscientização de toda a população do bairro, com entrega de folhetos, mobilizações em escolas e igrejas, palestras educativas e orientativas mostrando que é uma responsabilidade civil de todos deixarem a cidade limpa, como também recolhendo o material reciclado. No Nova Várzea Grande, a coleta ocorrerá às segundas, quartas e sextas-feiras (lixo orgânico) e às terças e quintas-feiras (reciclável seco)”, explicou.

“Temos que começar de uma maneira que dê certo, que evolua. Esta ação é o primeiro passo para a implantação definitiva da coleta seletiva na cidade. Precisamos que a sociedade se mobilize, que descarte o lixo nos locais apropriados e nos devidos dias”, enfatizou.