Crianças têm atividade interativa com teatro e dança


Dia das Crianças foi comemorado com teatro e atividades interativas entre escolas em Várzea Grande e teve a parceria do “Instituto Jaime Veríssimo de Campos Junior”

O Dia das Crianças foi comemorado com teatro e atividades interativas entre escolas em Várzea Grande, nesta quarta-feira (11). Cerca de 300 crianças de 02 a 05 anos, pertencentes às Escolas Municipais de Educação Básica (EMEB) e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI) participaram de tarde comemorativa em alusão ao Dia das Crianças em companhia da prefeita Lucimar Sacre de Campos e do secretário municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Silvio Fidelis. A intenção de unir crianças de escolas diferentes foi de integrar as atividades lúdicas e integrativas da educação infantil. 

O evento também teve a parceria do “Instituto Jaime Veríssimo de Campos Junior” que presenteou as crianças com apresentações de teatro, balé e atividades interativas. “Nós seguimos diretrizes educacionais baseadas também na troca de experiências o que acreditamos ajudar no aprendizado das crianças. As atividades lúdicas e culturais são necessárias por que interferem no saber e na formação do cidadão. Optamos por apresentações culturais por que acreditamos que e o melhor presente é dar o conhecimento. As apresentações giraram em torno da unidade e amizade que com a união de esforços e repeito mútuo se conquista os sonhos e objetivos de vida”, disse a prefeita. 

Lucimar Campos salientou ainda que a Prefeitura de Várzea Grande possui compromisso com a educação e a cidadania das crianças e jovens. “Atividades interativas como estas estimulam o posicionamento de maneira crítica, responsável e construtiva nas diferentes situações sociais, utilizando o diálogo e o universo lúdico infantil. Estamos formando cidadãos com valores edificantes como solidariedade, cooperação e respeito”, declarou a prefeita. 

O secretário municipal Silvio Fidelis explicou que o trabalho lúdico e interativo é um instrumento útil no apoio às discussões pedagógicas nas escolas. “Trazer apresentações como estas auxiliam na execução do trabalho do professor, pois faz com que as crianças dominem os conhecimentos de que necessitam para crescerem como cidadãos plenamente reconhecidos e conscientes de seu papel em nossa sociedade. De acordo com a determinação da nossa prefeita buscamos atividades de qualidade que ajudem o aluno a enfrentar o mundo atual como cidadão participativo, reflexivo e autônomo, conhecedor de seus direitos e deveres e, o teatro é muito eficaz para levar mensagens às crianças, principalmente os menores”, explicou Fidelis.

“O objetivo das peças teatrais e da apresentação de balé pelos alunos do Instituto Jaiminho foi de trazer cultura para as crianças, além de momentos de alegria e amizade”, citou coordenador geral do Instituto Moisés Belezário.

Luciana Santana de Souza, mãe do pequeno Everton de 05 anos, faz questão de acompanhar de perto o desenvolvimento educacional e intelectual do filho. “Acompanho de perto as atividades escolares e avalio como fundamental para o desenvolvimento delas eventos como este. Todos estão de parabés”, disse mãe.

“Gostei muito do evento, a parte do lanche com pipoca e suco para todas as crianças e o teatro foi muito legal, meu bisneto adorou. Apoio dinâmicas diferentes, parabéns para a organização”, declarou a bisavó Aldair Bonifácio Curvo.

Já a aluna do “Instituto Jaiminho”, Ana Carolina Menezes, 10 anos, afirmou que este é o primeiro ano que está participando das aulas no Instituto e poucos meses bastaram para mudar sua vida. “Minha vida mudou completamente. Estou me sentindo muito bem e com objetivo de vida. Sempre quis estudar balé mas nunca imaginei que seria possível. A convivência com todos que fazem parte do Instituto Jaiminho também contribui, pois nos sentimos uma família. Tudo isso faz com que a gente cresça”, disse a estudante de balé.

De acordo com o coordenador geral Moisés Belezário, o “Instituto Jaiminho” funciona em Várzea Grande desde 2007 e atende atualmente 100 adolescentes, com idades entre 10 e 17 anos com aulas de reforço, oficina de música, teatro, dança, informática e esportes. “O objetivo do Instituto é ofertar cultura aos jovens e compartilhar o aprendizado envolvendo suas famílias. Um dos requisitos para o ingresso na instituição é o jovem pertencer à rede pública de ensino, ter e manter boas notas e se envolver com os projetos”, citou.

O Dia das Crianças interativos foi realizado no Centro Municipal de Educação Infantil “Izabel Pinto de Campos” e contou com a presença das turmas de educação infantil das Escolas Municipais de Educação Básica (EMEB) “Lúcia Leite Rodrigues” e “Professor Antonio Salustio Areias. Também prestigiaram o evento o vice-prefeito José Aderson Hazama e sua esposa Carol Hazama.