Prefeita recebe mais um projeto de inclusão social do Univag na adequação de salas de aulas


Univag entregou para a prefeita Lucimar Sacre de Campos, quatro salas de aulas readequadas com aparelhos didáticos necessários no Centro Municipal de Educação Infantil Miguelina de Campos e Silva

O Centro Universitário de Várzea Grande em parceria com a Prefeitura de Várzea Grande colocaram em prática mais um projeto de responsabilidade social em prol da cidadania por meio do “Integrador de interiores”, que visa proporcionar benefício tanto para os acadêmicos que aprendem na prática no curso de Arquitetura bem como para a comunidade escolar, bairro e alunos. Na manhã de hoje (6), o Univag entregou para a prefeita Lucimar Sacre de Campos, quatro salas de aulas totalmente readequadas e transformadas em seus ambientes, com aparelhos didáticos necessários, no Centro Municipal de Educação Infantil (Cemei) Miguelina de Campos e Silva, localizada no bairro Vila São João.   

A prefeita Lucimar Sacre de Campos disse que tudo que é feito com união e parceria o resultado é satisfatório, e mais uma vez o Centro Universitário surpreendeu na finalização do Projeto. “Sempre digo que a união dos esforços resultam em grandes feitos. Essas execuções realizadas aqui na modificação dos ambientes das salas de aulas deste Centro Infantil, demonstra o respeito ao próximo e a dedicação tanto dos alunos quanto do Univag para as questões sociais do município  junto as comunidades. Todos realizaram um brilhante trabalho e é notável a qualidade dos serviços. Agradeço e parabenizo a todos que contribuíram com o projeto e tornaram realidade para a comunidade do Vila São João”, enalteceu a prefeita.

“A elaboração e conclusão desse projeto foi um marco para a nossa unidade escolar. As crianças acompanharam cada passo do projeto e se encantavam com os trabalhos que eram realizados nos finais de semana e ficavam admirandos com os detalhes que iam surgindo. E a finalização comentou a diretora do Centro Municipal de Educação Infantil ‘Miguelina de Campos Silva’, Eva de Paula Vieira Santos, é este resultado maravilhoso que hoje é apresentado a prefeita Lucimar Campos.

Para a acadêmica Camila Silveira, a revitalização da sala de aula foi um momento gratificante uma vez nos proporcionou colocar a mão na massa para reproduzir todos os detalhes e vivenciar o projeto que nós mesmos executamos e idealizá-lo tirando do papel para a prática. “O mais comovente disso tudo é poder olhar para o rostinho de cada criança e sentir a alegria deles em ter um novo espaço onde passam o dia na escola e nada mais justo que eles estejam bem à vontade e em um ambiente agradável e adaptado a idade escolar. A nossa recompensa é o sorriso que recebemos de cada criança”, declarou.

“Nossos alunos têm a oportunidade de trabalharem além do que está previsto na grade curricular do curso com a concretização do Projeto”, destacou a coordenadora de Arquitetura e Urbanismo do Univag, Carmelina de Moraes, durante a entrega das quatro salas de aulas reformadas por acadêmicos do 6º semestre de Arquitetura do Univag. “É muito gratificante ver nosso projeto sair do papel em benefício de uma causa social. No Univag temos a oportunidade de colocar em prática tudo o que aprendemos em sala de aula. O objetivo do Projeto Integrador é socializar alunos do 6º semestre do curso de Arquitetura e Urbanismo do Univag, em causas sociais que visam produzir projetos de arquitetura de interiores. O projeto contou com parcerias de empresas, professores e alunos do Univag para execução e finalização do projeto. A execução do projeto ocorreu no prazo de 15 dias e envolveu 150 alunos dos períodos matutino e vespertino do Univag. A nossa missão é formar profissionais preparados para o mercado de trabalho e, acima de tudo cidadãos também comprometidos com projetos sociais”, finalizou.

Para a Pró- Reitora Administrativa Maura Gomes Medeiros, desenvolver o Projeto com o município é oportunidade ímpar aos alunos de construírem um espaço projetado por eles mesmos.  Dessa forma, os futuros arquitetos poderão aplicar e sistematizar os conhecimentos tratados nas disciplinas teóricas. Essa prática proporciona o desenvolvimento de competências e habilidades relacionadas com o aprendizado inovador, empreendedor, ativo e acima de tudo o despertar para o social.

O secretário de Educação, Sílvio Fidelis disse que essa parceria com o Univag tem dado bons frutos. “Essa é a terceira unidade infantil que está recebendo revitalização em seus interiores. Em todas as salas de aulas foram criadas ambientes saudáveis, com condições físicas e estruturais para o estudo, proporcionando as nossas crianças maior aprendizado e desempenho. Estamos muitos satisfeitos com os resultados desta parceria e estamos abertos para novos projetos. E tudo foi trabalhado dentro das normas do Ministério da Educação”.

A acadêmica Cristina Preumler, disse que cada ambiente foi criado a partir de um tema e que cada detalhe foi pensado para proporcionar um espaço mais amplo e confortável. “Temos a certeza de que todos os alunos desta unidade estarão muito mais felizes e motivados a participar das atividades escolares”, comentou.

Karine Keume de Arruda tem um filho matriculado na escola “Miguelina Campos da Silva”, e disse que as salas de aulas ficaram encantadoras. “É muito bom saber que os nossos filhos estão bem a vontade e em um ambiente totalmente feito para eles, com móveis adequados e brinquedos para cada faixa etária. O trabalho dos alunos me surpreendeu, ficou tudo lindo”, declarou.

Sandra Regina Nunes, mãe de aluno, também aprovou as novas instalações das salas de aulas e nem soube apontar a sua preferida. “Está tudo bonito, com certeza esses alunos serão grandes profissionais. Cada detalhe foi pensado e criado na altura e na faixa etária de cada criança. Com certeza os nossos filhos estarão bem mais a vontade. Todos estão de parabéns”, completou.