Conselho Municipal da Igualdade Racial capacita servidores sobre combate ao racismo


Em alguns estados do País, o Dia da Consciência Negra é feriado: Rio de Janeiro, Alagoas, Amazonas, Amapá, Mato Grosso e Rio Grande do Sul

O Conselho Municipal de Igualdade Racial de Várzea Grande está realizando uma série de atividades para marcar o ‘Dia da Consciência Negra’, comemorado em todo pais no dia 20 de dezembro. Nesta segunda-feira (13), servidores da secretaria municipal de Administração participaram de palestras em prol do combate ao racismo além de questões envolvendo o direito e cidadania.

A presidente do Conselho, Tacília Soares da Costa, explicou a importância em se discutir questões que tratam do tema Igualdade Racial. “O município de Várzea Grande antes mesmo da criação do Conselho Municipal de Igualdade Racial já vinha trabalhando o tema nas salas de aulas. O que queremos agora é ampliar as discussões em todas as secretarias municipais uma vez que os membros do Conselho são servidores e representantes de todas as pastas. Queremos também ampliar o número de multiplicadores por isso escolhemos os servidores da secretaria  de Administração para dar início neste projeto”.  

A Defensora Pública, Tânia Regina Mattos, que atua na Comarca de Várzea Grande, foi uma das palestrantes, e falou do processo de formação do preconceito, assédio moral, direito e legislação dentre outros. “Trazer mensagem de afirmação, no mês da Consciência Negra, na luta contra o racismo é uma forma de mostrar que existe um caminho a ser seguido e que há pessoas e instituições que estão atentas a todas as ações que envolvem o tema”, disse. Além disso, a defensora que atua na Vara de Violência Doméstica também destacou a violência contra as mulheres, principalmente as negras que são as mais atingidas.  

A coordenadora da Educação Etnicorracial, Rosana Fátima de Arruda, disse que a Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer tem realizado diversas ações na promoção do conhecimento teórico-prático, cujo objetivo é o de refletir sobre a história do povo negro, valorizando sua herança cultural. “Os educadores de Várzea Grande já estão trabalhando várias temáticas nas salas de aulas e a aceitação dos alunos também tem sido um dos pontos positivos para valorização da diversidade etnicorracial nas unidades da rede pública municipal. A nossa proposta agora é levar para as outras secretarias municipais esse entendimento, discutindo e disseminando a cultura afro”.  

A presidente do Conselho, Tacília Soares, adiantou que no dia 17 será realizado na Escola Municipal de Educação Básica “Eunice Mello”, localizado no bairro Pirineu, a III Mostra da Semana da Consciência Negra. “Durante toda a manhã alunos de várias unidades escolares do município estarão participando de apresentações culturais além de mostra de trabalhos da cultura africana. O objetivo é o de socializar o saber na comunidade escolar sobre a participação e contribuição histórica, social, cultural, política e econômica do negro na formação do povo brasileiro, e a valorização da pluridade social no espaço escolar”, completou. 

Dia da Consciência Negra:O Dia da Consciência Negra é comemorado dia 20 de novembro em todo território nacional. A data relembra a importância da reflexão sobre a posição dos negros na sociedade. Isso após um longo período de preconceito sofrido pelas gerações que sucederam a época de opressão. A data foi estabelecida pelo projeto Lei n.º 10.639, no dia 9 de janeiro de 2003, no entanto, somente em 2011 a lei foi sancionada (Lei 12.519/2011) pela Presidência da Republica. Em alguns estados do País, o Dia da Consciência Negra é feriado: Rio de Janeiro, Alagoas, Amazonas, Amapá, Mato Grosso e Rio Grande do Sul.