Inauguração de escola municipal marca união dos Poderes em Várzea Grande

Mais Escola
Inauguração de escola municipal marca união dos Poderes em Várzea Grande

Somente na região do bairro Cabo Michel, são três escolas municipais entregues após reformas, reconstruções e ou construções


06/12/2017    2645

A inauguração da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) ‘Professora Eliza Maria da Silva’, na manhã de hoje (6), no bairro Cabo Michel, em Várzea Grande, foi marcada pela união e parceria dos poderes públicos em benefício do avanço da rede local de ensino, e principalmente, pelo ganho de qualidade do aprendizado. Além das autoridades do Município, como a prefeita Lucimar Sacre de Campos, do vice-prefeito José Hazama, de secretários municipais e de vereadores, a unidade recebeu o presidente do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador  Rui Ramos, do procurador-geral do Ministério Público, Mauro Curvo, do presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho e do secretário de Estado de Educação, Marco Marrafon.

A nova unidade, com capacidade para abrigar 300 alunos da Educação Infantil – 4 e 5 anos – estava com as obras de construção paralisadas há pelo menos 5 anos e foi graças ao esforço e ao empenho de todos os poderes é que a escola estará pronta para o início do próximo ano letivo em 19 de fevereiro de 2018. “As obras estavam abandonadas. Foram necessárias viagens a Brasília para recuperar recursos e atualizar o orçamento federal destinado ao projeto. A renegociação da construção dessa escola demandou paciência e gestão e agora estamos diante de uma das unidades mais bonitas que Várzea Grande tem e dentro do padrão de construção do Ministério da Educação”, comemorou a prefeita Lucimar.

A EMEB teve seu projeto atualizado e segue padrões do Ministério da Educação. Foram investidos mais de R$ 930 mil, recursos oriundos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

A prefeita destacou ainda que com mais essa entrega de escolas, a rede municipal de ensino ampliou em 21% a oferta de novas vagas entre 2015 e 2017. A previsão para o próximo ano letivo é de matricular mais de 26 mil alunos da Educação Infantil ao 9º ano do Ensino Fundamental.

O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Rui Ramos, destacou que o reforço na oferta de novas vagas e o ganho na qualidade do ensino são ações estruturantes que passaram a ser promovidas na educação municipal de Várzea Grande a partir da gestão da prefeita Lucimar Sacre de Campos. “Numa escola como essa, voltada à Educação Infantil, e onde começa o ensino. Promover ações assistenciais é necessário, mas edificar uma escola é uma ação estruturante e não paliativa”.

O Procurador-Geral de justiça do Ministério Público do Estado (MPE), Mauro Curvo, lembrou que os avanços da política educacional em Várzea Grande começam a ser mensurados, pois três escolas municipais garantiram posição de destaque em um concurso promovido pelo Ministério Público. “Do primeiro ao terceiro lugar a premiação ficou com Várzea Grande”, destacou. A premiação a que o Curvo se refere ao projeto “Onde há educação, a corrupção não tem vez”, realizando junto às escolas de Cuiabá e Várzea Grande, que visa boas práticas de fomento à integridade social e à cidadania junto aos estudantes. “Desde cedo estamos ajudando a resgatar e validar valores essenciais para as relações humanas: ética e cidadania”.

O secretário de Estado de Educação, Marco Marrafon, disse que a nova escola é a ilustração perfeita dos esforços que estão sendo aplicados pelos poderes municipal, estadual, legislativo e judiciário para o avanço da educação no Estado. “Há independência e harmonia entre os poderes”, reforçou. Em sua fala ele aproveitou para anunciar o compromisso do Estado para com a construção de mais duas escolas em Várzea Grande, unidades além das três que estão em processo de licitação e de duas já entregues.

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Eduardo Botelho, parabenizou os várzeagrandenses pelas conquistas que têm melhorado o dia-a-dia da população em áreas essenciais como saúde e educação. “Tudo isso está sendo possível porque a atual gestão é marcada pela determinação e conta com parcerias em todas as esferas do poder”.

O secretário municipal de Assuntos Estratégicos, Jayme Campos, lembrou que essa unidade do bairro Cabo Michel é mais uma unidade entregue pela prefeita Lucimar Campos, neste ano de 2017.

“Tudo que foi feito até esse momento permitiu a retomada de escolas que estavam abandonadas, sem a mínima condição de funcionamento. Outro ponto importante é destacar ainda que dentro da nossa visão estratégica observamos necessidades de novas escolas e estamos trabalhando nisso”.

Somente na região do bairro Cabo Michel, o secretário contabilizou três escolas municipais entregues após reformas, reconstruções e ou construções. “Com seriedade estamos colocando fim a um período, não muito distante, de descompromissos com Várzea Grande, pois o que queremos é uma cidade próspera e cheia de oportunidades, com saúde, educação, moradia e empregos. Caminhamos para uma economia crescente, por meio da geração de emprego e renda. “Várzea Grande nunca esteve tão bem como está agora”.

Por: Marianna Peres - Secom/VG