Limpeza e desobstrução de córregos ajudam a prevenir alagamentos e combater doenças tropicais


Com o excesso de chuvas os córregos e bueiros celulares entopem de lixo, provocando alagamentos e a incidência de doenças se ampliam   

Equipes da secretaria de Viação, Obras e Urbanismo, deram início a limpeza e desobstrução de córregos, boca de lobos e bueiros celulares em diversos bairros do município. Além de ser uma medida preventiva contra alagamentos e enchentes, atende também a outra ação, a de controle de doenças tropicais que tem seu número aumentado por causa das chuvas.

A ação é realizada de forma rotineira, mas neste período de chuvas há a necessidade de intensificar os trabalhos, principalmente nos bairros localizados nas regiões mais baixas da cidade.  

O titular da pasta, Luiz Celso de Moraes explica que apesar da limpeza e desobstrução de bocas de lobos serem um trabalho preventivo, a Prefeitura Municipal mobilizou as equipes para atender as demandas e fazer o monitoramento dos bairros com mais incidência de alagamentos.

“As chuvas que tem caído em Várzea Grande superaram o volume de água registrado no mesmo período do ano anterior, causando transtorno em alguns pontos. Estaremos até o dia 25 de janeiro intensificando os trabalhos em todos os quadrantes da cidade”, assegurou.

E as chuvas também trazem outros problemas para a cidade, o atraso nas obras de infraestrutura e a questão da incidência de doenças tropicais. Os trabalhos de patrolamento e encascalhamento, previsto para ocorrer em vários bairros tiveram que ser reagendados. “As chuvas dificultam a continuidade dos trabalhos e ameaçam o cumprimento do cronograma das obras, e para garantir a qualidade da obra é necessário que o solo esteja seco e em condições favoráveis para a execução dos trabalhos”.

A operação tapa-buraco, segundo adiantou o secretário Luiz Celso, deverá ter início no próximo dia 26 de janeiro com cronograma de execução previsto para as principais avenidas da região central da cidade, além de todos os corredores do transporte coletivo, que apesar das chuvas não tiveram o itinerário comprometido. “Essas importantes vias receberam no ano passado, o recapeamento, o que garantiu a durabilidade do pavimento asfáltico mesmo neste período de chuvas”.

Também a partir do dia 26 de janeiro, serão reiniciadas as obras de duplicação da Avenida Filinto Muller, cujos trabalhos concluídos já somam 70%.  “As chuvas também comprometeram a execução dos trabalhos, porém no final do ano passado a empresa contratada concedeu férias coletivas a todos os servidores, que voltam ao trabalho na próxima semana”, explicou o secretário.   

PAVIMENTAÇÃO: Equipes da secretaria de Viação, Obras e Urbanismo estão fazendo o levantamento das principais vias dos bairros Maringá I, II e III, e do Parque do Lago onde a Prefeitura de Várzea Grande estará fazendo obras estruturantes de recapeamento asfáltico. “Queremos que as máquinas entrem nos bairros já nas primeiras semanas de fevereiro. As obras serão feitas com recursos da própria municipalidade”, informou Luiz Celso.

O secretário disse ainda que uma área localizada na região do Solares do Tarumã está sendo estudada para a implantação de um miniestádio de futebol. “O empreendimento esportivo é uma reivindicação dos moradores da localidade e irá atender também famílias moradoras dos Conjuntos Residências José Carlos Guimarães e Jacarandá”.