Várzea Grande intensificará ação para combater os bolsões de lixo

Todos Unidos: Várzea Grande Contra a Dengue
Várzea Grande intensificará ação para combater os bolsões de lixo

Empresas e populares têm usado áreas públicas para descartar toda espécie de lixo. Ação integrada de secretarias visa coibir os abusos e punir os responsáveis. Disque denúncia resguardará nome dos informantes


25/01/2018    2055

A Secretaria de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana está atenta a uma prática criminosa que agride o meio ambiente e contribui para o aumento nos casos de doenças endêmicas como a Dengue, Zika Vírus e Chikungunya. A criação de bolsões de lixo nas estradas vicinais, que além de interferir na paisagem de forma negativa, tem aumentado os riscos à saúde pública. 

Apesar de a Prefeitura Municipal ter mobilizado equipes para fazer as limpezas, ainda existem pessoas que estão descartando todos os tipos de materiais que vão desde entulhos a lixos domésticos.

A ação contra este tipo de atitude faz parte do pacote de medidas adotadas pela Campanha “Todos Unidos: Várzea Grande contra a Dengue” que está ampliando o horário de atendimento de unidades de saúde, reforçando a fiscalização e punindo infratores, além de assegurar o correto tratamento para os doentes.

Um desse exemplo é a estrada que liga o bairro Jardim Primavera ao Portal da Amazônia que vem sendo utilizado como depósito de lixo por parte da população. É comum encontrar no local sofás, colchões, pneus, restos de construção, latas de tintas, papelões, restos de móveis e até vestuários.

Segundo o titular da pasta, Breno Gomes, um dos grandes desafios da Administração Municipal é justamente manter essas áreas limpas uma vez que as pessoas já se habituaram a descartar lixos nestes espaços. “O poder público tem feito a sua parte, mas é preciso que os moradores também tenham essa consciência. Vamos mais uma vez fazer a limpeza do local e pedir que a população colabore e respeite o trabalho que está sendo feito pelo poder público”.

O secretário lembra que a Prefeitura Municipal realiza constantemente, a limpeza de várias vias públicas e estradas de ligação entre os bairros, mas a população ainda insiste em descartar entulhos nesses locais. E para evitar o agravamento dessa questão, a Secretaria de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana estará tomando medidas cabíveis. “Aqueles que forem pegos jogando lixos em locais impróprios serão penalizados e denunciados”, alertou.

A situação não é diferente na Cohab João Baracat, onde uma área também está sendo utilizada como descarte de lixo. Em uma operação realizada, nesta semana, desta vez pela equipe de fiscais da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável acabou resultando na autuação e notificação de um caminhão de empresa de transporte que estava depositando lixo no local.

Segundo informou a secretária da pasta, Helen Farias, o motorista foi autuado, e os fiscais aplicaram uma multa no valor de R$ 5 mil. “Além disso, a empresa teve o prazo de 12 horas para fazer a retirada de todo o descarte depositado na referida área”, comentou. 

A secretária informou ainda que os fiscais do meio ambiente estão percorrendo todos os bairros da cidade num trabalho de monitoramento das áreas que frequentemente recebem o descarte de lixo. “O nosso objetivo é orientar as pessoas para que não utilizem essas áreas como depósito de lixo, mas caso sejam reincidentes daí o jeito é aplicar a multa”, completou.

MOBILIZAÇÃO: Além da Secretaria de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana, as de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável e Defesa Social (Guarda Municipal) também estarão envolvidas neste processo, podendo aplicar multar e até apreender os veículos que forem pegos descartando lixos em locais impróprios.

Vale descartar que a população também pode ajudar o poder público informando os locais e as empresas que estão fazendo o descarte irregular de lixo nos bairros de Várzea Grande. As denúncias podem ser feitas à Ouvidoria pelo número 0800.647.4142. “Qualquer pessoa pode fazer a denúncia, sendo que a identidade do autor da comunicação será resguardada”, garantiu o secretário de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana, Breno Gomes.

Por: Kátia Passos - Secom/VG