Parceria entre prefeitura e associação dos catadores dá início à coleta seletiva no bairro Nova Várzea Grande

Meio Ambiente Sustentável
Parceria entre prefeitura e associação dos catadores dá início à coleta seletiva no bairro Nova Várzea Grande

O material recolhido irá diretamente para Associação, servindo de matéria-prima para a geração de emprego e renda acerca de 36 associados


01/02/2018    1791

A secretaria de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana de Várzea Grande, inicia o projeto “Coleta Seletiva com Educação Sustentável”, na valorização da categoria de catadores de lixo e conscientização de moradores sobre a necessidade de preservação do meio ambiente e desenvolvimento sustentável. O projeto piloto está sendo desenvolvido no bairro Nova Várzea Grande.

Os moradores do bairro, terão a partir de hoje dia 1º, condições de realizar a coleta seletiva residencial de forma continuada. Uma parceria entre a prefeitura, por meio da secretaria de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana e a Associação de Catadores (Asscavag), vai disponibilizar a coleta de resíduos secos todas as terças-feiras. O material recolhido irá diretamente para Associação, servindo de matéria-prima para a geração de emprego e renda acerca de 36 associados.

Para mobilizar a população do Nova Várzea Grande, a Asscavag realizou de maneira prévia e por meio da colaboração de estudantes, uma lista de 220 moradores que querem aderir de forma correta à prática da coleta seletiva. Esses moradores receberão nesta quinta-feira (1) sacolas na cor branca que devem ser usadas especificamente para a seleção dos resíduos secos. Como explicam as idealizadoras do projeto, as catadoras Valquíria Pereira de Barros e a Joana Fátima de Paula, junto com as sacolas serão entregues panfletos que vão orientar os moradores a realizar a seleção de maneira simples e segura.

O projeto elaborado pela Asscavag juntamente com o vereador Ícaro Reveles, veio ao encontro de ações promovidas pelas secretarias municipais de Serviços Públicos e de Meio Ambiente que têm ações voltadas à promoção da coleta seletiva em Várzea Grande, exemplo são os Pontos de Entrega Voluntária (PEV) e as alterações implantadas no aterro sanitário local.

Como explica o secretário de Serviços Públicos, Breno Gomes, todas as ações e parcerias visam apenas à preservação do meio ambiente, à conscientização da população e a real eficácia na promoção de uma coleta seletiva. “Esses moradores sabem que todas as terças-feiras, um caminhão de carga seca estará recolhendo o material. É importante salientar que esses resíduos não serão recolhidos pelo tradicional caminhão de lixo e por isso os moradores devem ficar atentos quanto à data da coleta seletiva”.

As catadoras acreditam que a partir do momento que a coleta seletiva começar a funcionar, mais moradores do bairro terão interesse de participar. “Para dar celeridade a novas adesões, colocamos o contato da Associação para que as pessoas sejam inseridas no cadastro”, pontua Valquíria. O telefone da Asscavag é o 3682-1297 ou ainda o 98146-0126.

A Associação está localizada no bairro Cidade de Deus, na rua Turquesa e recebe matérias secos na sua unidade. “O que mais queremos é estimular a seleção e a coleta de materiais que possam ser reaproveitados. Mais que renda para várias famílias, estamos impedindo que essas matérias-primas sejam descartadas de forma indevida, poluindo rios, nascentes, áreas verdes e espaços públicos”, argumenta Joana Fátima de Paula. 

Por: Marianna Peres - Secom/VG