Várzea Grande inicia testes da iluminação em LED  na  Avenida Filinto Muller

Segurança para o Trânsito
Várzea Grande inicia testes da iluminação em LED  na  Avenida Filinto Muller

Obra estimada em R$ 3 milhões criará um novo corredor comercial na Região Oeste de Várzea Grande. Obras da iluminação da Rodovia Mário Andreazza também foram iniciadas

Teste de iluminação em LED da Obra de Duplicação da Avenida Filinto Mulher.

21/02/2018    1559

Foram iniciados na noite de sexta-feira (16), os primeiros testes da iluminação pública em LED da Avenida Filinto Muller que está sendo duplicada em parceria com o Governo do Estado num total de 12 quilômetros com os acessos aos bairros e que beneficiará a Região Oeste de Várzea Grande, principalmente o Grande São Mateus.

Com valores estimados da ordem de R$ 30 milhões entre recursos municipais e estaduais, além de emendas parlamentares, a duplicação da Av. Filinto Muller após concluída criará um novo corredor comercial que ligará a Rodovia dos Imigrantes com acesso a Avenida Júlio Campos e a Rodovia Mário Andreazza, permitindo assim que um Rodoanel circule toda a cidade de Várzea Grande com acesso direto a Cuiabá ou as saídas para o Norte de Mato Grosso e do Brasil e para o Sul do Estado e do país.

“O que existe de mais moderno está sendo executado nesta obra que deverá estar concluída ainda em 2018. Estamos nos esforçando para termina-la ainda em maio quando Várzea Grande completa 151 Anos de Fundação, mas o principal é terminar a obras com qualidade e que atenda aos anseios da população”, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos.

Ela aproveitou também para dizer que já se iniciou as obras de iluminação da Rodovia Mário Andreazza que foi duplicada como obra da Matriz de Responsabilidade da Copa do Mundo, mas não estava prevista a iluminação da mesma.

“Deixaram de fora uma Rodovia essencial para Várzea Grande e Cuiabá e onde residem pelo menos 30 mil pessoas, mas assumimos o compromisso e com recursos próprios também estamos iluminando essa importante rodovia de acesso e caminho para milhares de moradores que diariamente transitam entre as duas principais cidades de Mato Grosso”, ponderou a prefeita demonstrando preocupação pelo alto índice de acidentes da Mário Andreazza justamente pela falta de iluminação pública.

O secretário de Assuntos Estratégicos, Jayme Veríssimo de Campos, disse que apresentou projetos junto aos Ministérios, de Minas e Energia e das Cidades para que o munícipio dentro de sua capacidade de endividamento, possa contrair empréstimo para fazer uma iluminação na Av. Mário Andreazza dentro do que existe de mais moderno em LED que tem maior durabilidade e menor consumo de energia, pois a iluminação pública também é paga pelos contribuintes.

“O projeto que está em execução da Av. Filinto Muller contemplou todas as obras necessárias de urbanização, já na Mário Andreazza que foi ampliada na Matriz de Responsabilidade da Copa do Mundo, não previu a iluminação, o que hoje encarece o valor da obra e exige a parceria com os governos Federal e Estadual para se tirar a mesma do papel”, explicou.

Por: Da Redação - Jornal A Gazeta