Coca-Cola de Várzea Grande recebe prêmio qualidade

Qualidade Nacional
Coca-Cola de Várzea Grande recebe prêmio qualidade

Administração Municipal quer estimular indústria para ampliar suas atividades e gerar mais emprego e renda


20/02/2018    1141

A Fábrica da Coca-Cola em Várzea Grande foi premiada entre outras 29 indústrias de todo o Brasil com o prêmio de 1º Lugar da Qualidade Brasil Ciclo 2016/2017, promovido pela Coca-Cola Brasil.

O prêmio tem como principal objetivo reconhecer as melhores práticas de Gestão do Sistema Coca-Cola Brasil com base nos critérios estabelecidos pela área técnica, com foco em metas e performance de qualidade do produto e do Sistema de Gestão Integrada de cada unidade fabril.

“A história da Coca-Cola se confunde com a própria história de nossa querida Várzea Grande e é excelente ver que uma empresa daqui que gera emprego e oportunidade para milhares de pessoas esteja sendo premiada pelos esforços e dedicação de seus funcionários e diretores”, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos que foi representada no evento pelo vice-prefeito, José Hazama e pelo secretário de Assuntos Estratégicos, Jayme Veríssimo de Campos.

Os tópicos para pontuação no Prêmio da Qualidade são baseados no Modelo de Excelência da Gestão (MEG) da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ), adotado por inúmeras empresas, incluindo as já reconhecidas como “classe mundial” e as que estão caminhando nessa direção.

“Essa premiação é o reconhecimento do trabalho desenvolvido nesta unidade, bem como a todos os colaboradores que não tem medido esforços para que essa indústria cresça cada vez mais sem perder a qualidade nos produtos que oferecemos. Estamos muito felizes com este prêmio, isso mostra que a Coca-Cola produzida aqui em Mato Grosso, é atualmente a melhor Coca-Cola do Brasil”, destacou o Vice-presidente da área Técnica e Logística da Coca-Cola Brasil, Paulo Villas.  

O secretário de Assuntos Estratégicos, Jayme Campos disse que todos os investimentos feitos pela Coca-Cola em Mato Grosso resultaram na conquista deste prêmio, e ter o reconhecimento nacional, em uma fábrica local, nos enche de orgulho, porque nós apostamos neste empreendimento, há muitos anos, com os incentivos fiscais, possibilitando não só fortalecimento do setor industrial, mas a forte contribuição na geração de emprego e renda.

“Continuamos abertos a novas empreitadas ainda mais com uma indústria como a Coca-Cola que é um exemplo de que as políticas de incentivos fiscais quando utilizadas corretamente têm resultados importantes para Várzea Grande, para Mato Grosso e para o Brasil”, disse Jayme Veríssimo de Campos.  

Já o secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, Carlos Avalone apontou que Jayme Campos enquanto prefeito de Várzea Grande e Governador do Estado, e depois dele o governador Dante de Oliveira, deram um enorme impulso ao desenvolvimento do Estado com a política de incentivos fiscais que vem agora se consolidando no governo Pedro Taques, mas com transparência, eficiência e principalmente visando o crescimento de Mato Grosso.

Leonardo Mello, filho do fundador do Grupo Renosa, Luiz Carlos Lomba de Mello hoje incorporado no Grupo Solar que foi formado em 2013 a partir da fusão dos Grupos Norsa, Renosa e Guararapes e tem 12 Fábricas e 34 Centros de Distribuição que é responsável pela produção de 3 bilhões de litros/ano, assinalou que desde o início sua família sempre encontrou receptividade na classe política para os investimentos que tornaram a mesma uma das mais eficientes fábricas de refrigerante e água de Mato Grosso, do Centro Oeste e agora presente em várias partes do Brasil.

“Sempre nos sentimos estimulados em continuar trabalhando e principalmente acreditando no Brasil e em Mato Grosso, apesar de todas as dificuldades”, disse Leonardo Mello.

Por: Kátia Passos - Secom/VG