Região da Manga recebe ações e novos serviços do mutirão "Prati-Cidade"

Mutirão da Cidadania
Região da Manga recebe ações e novos serviços do mutirão "Prati-Cidade"

Policia Militar e Casa de Artes integraram ações do mutirão da cidadania


23/03/2018    1588

O mutirão 'Prati-Cidade' - o primeiro realizado em 2018, trouxe nesta 8ª edição duas novas parcerias, a da Casa de Artes e da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso, que passam a partir de agora a integrar aos demais serviços disponibilizados no programa social. Durante todo o dia os moradores da Manga e bairros abrangentes poderão acessar os serviços disponibilizados pelo mutirão da cidadania, da prefeitura Municipal de Várzea Grande.

Na abertura do evento alunos da Escola Municipal de Educação Básica “Apolônio Frutuoso” apresentaram um número de dança de Carimbó. Já a Dança Cigana ou Flamenca, foi apresentada por um casal de idosos moradores do bairro da Manga, expressando a arte folclórica.     

A Casa de Artes trouxe para o local além de doces caseiros, os mais diversos artesanatos produzido e confeccionado por artistas da terra. Como dona Maria Celeste da Silva, 56 anos, moradora do bairro Construmat, muitas outras moradoras do bairro ficaram encantadas com os panos de pratos bordados que estavam expostos. “Eu gosto de produtos feitos à mão, a vontade é de levar tudo isso pra casa, me encantei por tudo. São trabalhos delicados e de artistas da nossa cidade”.

Aparecida Bueno Damasceno, 26 anos, também ficou encantada com os produtos disponibilizados pela Casa de Arte, e comentou que o produto que mais chamou a atenção foram os doces caseiros. “Lembrei-me da minha infância e de quando meu pai trazia do trabalho o potinho de doce de banana e que eu aprecio muito”, recordou.

Já a Polícia Militar do Estado de Mato Grosso, levou vários grupamentos entre eles a Polícia Ambiental, Trânsito Urbano e de Cavalaria, Bope (Batalhão de Operação Policiais  Especiais), Rotam (Rondas Ostensivas Tático Móvel) e Ciospaer (Centro Integrado de Operações Aéreas), que atraíram a atenção de jovens e crianças.

O Grupamento da Ambiental levou várias espécies de animais empalhados que atraiu a curiosidade de muitos participantes do mutirão. O Bope trouxe o cão policial labrador Red que estava totalmente à vontade com os moradores, o que deu até para tirar fotos. Já o helicóptero da Ciospaer também foi a atração do evento.

“Este é o primeiro evento que fazemos em parceria com a Secretaria de Assistência Social. E este evento é uma oportunidade de demonstrar o nosso trabalho e trazer a população mais perto do grupamento, além de desmistificar a ideia de que o polícia é durona. Trabalhamos no combate a criminalidade e de acordo com as Leis. Na verdade, a eficiência do trabalho da polícia está intimamente ligada ao bom relacionamento entre cidadãos. Quando temos oportunidade de participar de mutirões sociais e estar mais perto do cidadão, sempre estamos prontos. Conhecemos mais as comunidades e seus problemas”, destacou o 3° Sargento da Rotan, Antônio Pinheiro Gonçalves – ‘Pinheiro’. O sargento explicou ainda que a Polícia Militar está aberta a toda e qualquer parceria com os poderes públicos ou em eventos realizados por instituições não governamentais.

O ‘Prati-Cidade’ oferta ainda serviços nas áreas de Saúde, Educação, Assistência Jurídica, Solicitações de Serviços Públicos, oficinas de beleza e palestras educativas e de conscientização, além de lazer e atividades culturais.

O mutirão ‘Prati-Cidade’, que está sendo realizado no Centro Municipal de Educação Infantil ‘Jonas Pinheiro’, está localizado no bairro da Manga, segue com suas atividades e programação até às 17 horas.

Por: Kátia Passos - Secom/VG