Caravana da Transformação regula população várzea-grandense para acesso aos serviços de oftalmologia

Serviços de Oftalmologia
Caravana da Transformação regula população várzea-grandense para acesso aos serviços de oftalmologia

Os interessados podem procurar para cadastramento o Centro de Especialidades em Saúde (Postão); Policlínica do bairro Cristo Rei; Policlínica do bairro Parque do Lago; Policlínica do bairro Jardim Glória II; Policlínica do bairro Marajoara; Policlínica do bairro 24 de Dezembro


02/04/2018    2613

O Governo do Estado vai editar a 13°Caravana da Transformação que será realizada na Arena Pantanal, Cuiabá, de 16 de abril a 10 de maio. Nesta Edição o Governo prevê atender cerca de 20 mil consultas e 15 mil cirurgias, sendo 6 mil em pacientes de Várzea Grande.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Diógenes Marcondes, todos os pacientes que passarão por atendimentos serão regulados pela Central Única de Regulação. Serão ofertadas consultas, exames, cirurgias de catarata, pterígio e yag laser, além de serviços de cidadania.

A Central de Regulação municipal fará a triagem dos pacientes que se cadastraram, nos pontos de regulação do município.

Os interessados podem procurar para cadastramento o Centro de Especialidades em Saúde (Postão); Policlínica do bairro Cristo Rei; Policlínica do bairro Parque do Lago; Policlínica do bairro Jardim Glória II; Policlínica do bairro Marajoara; Policlínica do bairro 24 de Dezembro.

A Central Única de Regulação tem prazo até o dia 12 de abril para receber os encaminhamentos. Para se beneficiar das consultas oftalmológicas o paciente deve ter a partir de 55 anos e apresentar documento de identificação, comprovante de endereço atual e cartão SUS. O cadastramento é gratuito.

A 13ª Caravana da Transformação, edição Cuiabá, atenderá tanto a população cuiabana e várzea-grandense, como os pacientes regulados pelos municípios de Acorizal, Barão de Melgaço, Chapada dos Guimarães, Jangada, Nova Brasilândia, Nossa Senhora do Livramento, Planalto da Serra, Poconé, Santo Antônio do Leverger, Rosário Oeste, Nobres e Várzea Grande.

Para o secretário Diógenes Marcondes, esta ação do Governo do Estado beneficia os pacientes da Rede do Sistema Único de Saúde que estão em filas de espera para estes procedimentos da alta complexidade em oftalmologia. “O SUS é uma Rede integrada de atendimento. Esta ação beneficia em pouco tempo milhares de pacientes, visto que os serviços da Caravana são organizados sem prejudicar a rotina de atendimento da Rede SUS. Essa Força Tarefa é bem vinda para todos nós gestores do SUS da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá, o que minimiza e muito os problemas enfrentados para atendimento nesta especialidade”, diz o secretário.

Por: Da Redação - Secom/MT