Prefeitura repassa recursos na ordem R$ 620 mil a entidades socioassistenciais do "Programa Amigos de Valor"


Prefeitura repassa recursos na ordem R$ 620 mil a entidades socioassistenciais do "Programa Amigos de Valor"

As instituições fornecem desenvolvimento artístico, cultural, esportivos e atividades de apoio ao processo de aprendizagem escolar


17/04/2018    2331

A prefeita Lucimar Sacre de Campos fez o repasse de recursos captados pelo “Programa Amigos de Valor” de iniciativa da instituição bancária Santader S/A para as entidades Associação Várzea-grandense Madre Tereza de Calcutá com o projeto ‘Cenprhe Som’ e Associação Caminhando para Mais um Sonho (Acamis), com o projeto ‘Acreditar é Preciso’, cujos valores na ordem de R$ 287.857,00 e R$ 332.691,00 respectivamente, foram transferidos ao Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FMDCA), que no ato repassou as entidades selecionadas que executam projetos que garantem a promoção, proteção e defesa dos direitos das crianças e adolescentes.

A solenidade ocorreu nesta terça-feira (17), no auditório do gabinete e contou com representantes da instituição bancária e entidades sociais, do legislativo, da OAB/VG, Ministério Público, Conselho Tutelar e do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA), além de conselheiros tutelares.

Na oportunidade, a prefeita Lucimar Sacre de Campos pontuou que a cidade está de portas abertas às ações que oportunizam as crianças e os adolescentes. A instituição bancária captou estes recursos com dinamismo para ampliar o social e tornar uma sociedade mais justa e igualitária. “É muito importante darmos transparência sobre o dinheiro público e prestar contas à população que são as pessoas que doam recursos as entidades. É uma responsabilidade muito grande para os conselheiros analisar a proposta e o trabalho das entidades e fazer a deliberação sobre esses repasses. Nós sabemos que todas as entidades são extremamente importantes,  porque elas são uma extensão do trabalho social realizado no município e tem um papel importantíssimo na vida das crianças e adolescentes de nossa cidade”.

Lucimar Campos enalteceu o trabalho voluntário pelas entidades que dividem um pouco do tempo e do talento em prol da cidade. “Na condição de gestora pública queremos deixar nossa contribuição. Essa parceria é muito importante, essas entidades são exemplos. Esse recurso advém do incentivo fiscal do Imposto de Renda, com certeza será bem empregado nestas entidades que atendem cerca de 500 crianças e adolescentes no fortalecimento de vínculos familiares, além de práticas esportivas e culturais”, salientou a prefeita.

Segundo a superintendente de Pessoa Física do Banco Santander, Diana Maria Xavier Bispo, o “Programa Amigo de Valor” é uma iniciativa dos profissionais da instituição há 15 anos, ocupando terceiro lugar em nível nacional na modalidade. “A captação dos recursos são perante aos clientes e funcionários, passíveis de dedução do Imposto de Renda para o Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. A ação visa fortalecer as atividades dos Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA) e contribuir para melhoria da qualidade de vida de crianças e adolescentes vítimas de violência. Além de viabilizar o protagonismo e o exercício da cidadania dos funcionários e estagiários do banco”.    

A secretária de Assistência Social, Flávia Omar, disse que as duas instituições venceram as etapas de seleção desenvolvidas pelo Banco Santander, obedeceram aos critérios apresentados pelo edital. Essas parcerias contribuem com as políticas públicas já desenvolvidas no município na melhoria da qualidade de vida de crianças e adolescentes que se encontram em situação de risco e em contextos mais críticos com direitos violados, que servirá para erradicação e prevenção de violência, fortalecimento de capacidade dos sistemas de atendimento locais para implementar ações articuladas de proteção social. Com a parceria cumprimos a missão com cuidado e proteção, o que preconiza o Estatuto da Criança e Adolescente (ECA), além de integrar o trabalho em Rede”, sublinhou a secretária.

Representando a Câmara Municipal de Várzea Grande, vereador Ícaro Reveles agradeceu a iniciativa do banco e incentivo neste ato de solidariedade as crianças e adolescentes do município. “As entidades executam um trabalho louvável com este segmento da sociedade no desenvolvimento de cultura, esportes e artes, entre outros. E a Prefeitura tem feito um trabalho inovador e expressivo no que tange a desburocratização dos trâmites administrativos, além de integração com diversos setores na busca de qualidade de vida à população”.  

O promotor da 2ª Promotoria Civil, José Mariano de Almeida Neto falou que o Ministério Público é parceiro do município no fortalecimento da Rede. “Neste ato somamos para melhorar a vida de crianças e adolescentes em situação de risco social. A ação é singela e proporcionará um mundo ideal com caminhos largos ao futuro da sociedade, que são nossas crianças e adolescentes”.  

As entidades beneficiadas desenvolvem o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para crianças e adolescentes, com atividades em horário contraturno ao escolar. As instituições fornecem desenvolvimento artístico, cultural, esportivos e atividades de apoio ao processo de aprendizagem escolar.

Por: Cláudia Joséh - Secom/VG