Reunião Técnica avalia novas políticas públicas para Educação de Várzea Grande

Educação de Qualidade
Reunião Técnica avalia novas políticas públicas para Educação de Várzea Grande

A nova proposta constrói o 'Circulo Evolutivo' dentro dos parâmetros educacionais já vigentes


11/07/2018    218

A prefeitura de Várzea Grande está se preparando para dar mais um salto qualitativo na relação ensino-aprendizagem aplicado nas escolas públicas municipais. A proposta que começa a ser elaborada pelos técnicos da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, tem foco no ensino evolutivo entre os jovens, atendendo estudantes de todas as séries do ensino fundamental. Mais que um reforço aos índices que medem a qualidade de ensino, a proposta, inicialmente chamada de ‘Circulo Evolutivo’, será o embrião para formação definitiva de uma política municipal de ensino.

Como explica o secretário de Educação, Sílvio Fidelis, o município de Várzea Grande constrói ações educacionais em linha com as metas e prazos estabelecidos no Plano Municipal de Educação (PME), e acrescenta que o ‘Circulo Evolutivo’ vem para intensificar as propostas curriculares. “Além do projeto Escola de Tempo Integrado - ETA, o ‘Circulo Evolutivo’ está sendo elaborado para resgatar valores, melhorar o ensino, ampliar as relações entre alunos, pais e professores e mais que isso, fazer com que a comunidade escolar ame a escola, se sinta pertencente a ela e que a partir disso, se envolva, incentive e motive o aprendizado dos jovens”. Como explica Fidelis, a ideia de reforçar a relação ensino-aprendizagem e criar as próprias bases de ensino, foi apresentada à prefeita Lucimar Sacre de Campos. “Cabe à pasta agora, alinhar todas as ideias junto ao Plano Municipal de Educação, ao Plano Nacional de Educação e a Base Nacional Comum Curricular (BNCC)”.

A nova proposta, como pontua a Superintendente Pedagógica, Gonçalina Rondon, além de se construir o ‘Circulo Evolutivo’ dentro dos parâmetros educacionais já em vigência, a dez escolas que farão parte serão escolhidas por critérios, que também serão avaliados pela equipe técnica.

“Nessa reunião técnica com a prefeita foi deliberada a construção da proposta e agora vamos elaborá-la e avaliar a melhor forma de aplicá-la. Todas as ideias que sustentam o ‘Circulo Evolutivo’ estão em conformidade com a meta oito do nosso Plano Municipal de Educação, que visa reforço permanente da educação”,explica a superintendente.

De todo modo, o ‘Circulo Evolutivo’ será edificado sobre as competências da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), especialmente as metas de número 5, 6 e 8.

Conforme o Ministério da Educação, são competências da Base Curricular: Conhecimento, pensamento cientifico, crítico e criativo, repertório cultural, comunicação, cultura digital, trabalho e projeto de vida, argumentação, autoconhecimento e autocuidado, empatia cooperação,responsabilidade e cidadania. 

A implementação do ‘Circulo Evolutivo’ da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer programado para o segundo semestre desse ano reforça o compromisso da Prefeitura Municipal em promover e aprimorar os processos educacionais para a melhoria na aprendizagem dos alunos matriculados na rede municipal de ensino, garantindo a efetiva evolução de Várzea Grande no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – IDEB.

 

Por: Marianna Peres - Secom/VG