Várzea Grande vai combater furtos de braços e luminárias da rede pública

Prejuízo Para Todos
Várzea Grande vai combater furtos de braços e luminárias da rede pública

Somente nos últimos dias os prejuízos para a cidade e a população somaram R$ 55 mil. Questão da segurança pública é o que mais preocupa


26/10/2018    286

O município de Várzea Grande vem sofrendo nos últimos meses, atos de vandalismo contra o sistema de iluminação pública. Somente nos últimos 15 dias os prejuízos com o furto ou subtração de braços de iluminação somaram R$ 55 mil, sem contar o atropelo e problemas de segurança que afetam diretamente a população.

A Secretaria de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana responsável pela manutenção e atendimentos decorrentes da iluminação pública resolveu adotar medidas para conter este problema.

“A Prefeitura ou a empresa que presta serviços não retira os braços, apenas promove manutenção e reparos na rede de iluminação pública que existe para a segurança da própria população, por isso, peço para a população em geral que se depararem com caminhões ou veículos com pessoas nos postes ou mexendo na rede pública que tirem fotos, denunciem, acionem a Guarda Municipal ou a Polícia Militar, pois os maiores prejudicados são o município de Várzea Grande e sua gente”, disse o secretário de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana, Breno Gomes.

Uma das primeiras medidas adotadas, foi registrar na Delegacia de Roubos e Furtos, Boletins de Ocorrências informando o furto, além de pedir a colaboração da população afetada para ajudar a denunciar ligando para a polícia no número 190.  

Segundo informou o titular da pasta, somente nesta semana já se constatou o roubo de 8 luminárias de cor verde que foram retiradas, durante a madrugada, da Trincheira do Zero Quilômetro. Além disso, foram furtados ainda 10 braços de luminárias na Avenida DNER – região que compreende o Residencial Jatobá e o loteamento Terra Nova II.

“Esse problema tem sido recorrente em Várzea Grande e vem causando danos a população e ao erário público, impossibilitando a administração municipal, ampliar os investimentos em manutenção dos serviços, em locais que necessitam de reparos e também na ampliação do sistema de iluminação pública em novas localidades. Mensalmente a Prefeitura Municipal investe no setor entre R$ 270 mil até R$ 380 mil reais”, observou o secretário.

Breno Gomes lembra ainda que o ato de vandalismo que vem ocorrendo na cidade acarreta outro problema, a questão de segurança pública. “A falta de iluminação acaba favorecendo a prática de crimes, por isso a nossa preocupação”, alertou. Para as regiões afetadas, o secretário solicita a compreensão dos moradores. 

Ele ponderou que a iluminação pública nas ruas e avenidas são pagas pela Prefeitura de Várzea Grande com os recursos arrecadados através da Contribuição de Iluminação Pública - CIP recolhida nas contas de energia elétrica de todos os consumidores.

“O prejuízo fica para a cidade e para a própria população, além de afetar um setor essencial que é a segurança pública tão essencial para atender a todos”, disse o secretário Breno Gomes apontando que informou a Polícia Militar os possíveis beneficiários dos roubos, pois algum interessado consome o produto deste furto.

Por: Katia Passos - Secom/VG