Prefeitura intensifica orientações sobre início do funcionamento do radar móvel eletrônico

Alerta
Prefeitura intensifica orientações sobre início do funcionamento do radar móvel eletrônico

Inicialmente as Avenidas da Feb, Filinto Muller e 31 de Março serão monitoradas


14/11/2018    400

As Avenidas da Feb, Filinto Muller e 31 de Março, que serão monitoradas por radar móvel eletrônico estão a partir de hoje(14) com faixas informativas em toda a extensão das avenidas, com os alertas sobre a operacionalização do equipamento móvel que estará em vigor no município de Várzea Grande a partir do dia 1º de dezembro. Nestas três Avenidas a velocidade permitida é de 60 km, e o motorista que for flagrado acima da média de velocidade permitida será autuado.

Inicialmente as autuações começariam em 1º de novembro, mas em respeito à lei existente na cidade e aos cidadãos, o prazo para adaptação e orientação foi prorrogado para melhor conscientização dos motoristas. As infrações por excesso de velocidade variam entre a média de R$ 130,16 e a gravíssima R$ 880,41, além dos pontos registrados na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Segundo informou o secretário de Defesa Social e comandante da Guarda Municipal, Evandro Homero Dias, foram afixadas faixas chamando atenção dos motoristas para a data em que o equipamento será ativado. “É importante que todos saibam, antecipadamente, os pontos em que os radares eletrônicos estarão autuando, por isso mesmo adotamos essa medida. Os equipamentos irão contribuir para a redução de velocidade além de incidência de violência no trânsito”, comentou destacando ainda o secretário que os radares depois de aferidos estarão aptos a registrar infrações em uma distância de até 2km.

Como explica o secretário, a escolha das vias que terão fiscalização eletrônica se deu em função do elevado número de acidentes registrados, além de intenso fluxo de carros e de pedestres.

Os agentes de trânsito do município receberam treinamento para operar os equipamentos de forma adequada. Além de aulas teóricas os policiais receberam também orientações práticas para o manuseio dos radares eletrônicos, que possuem bateria extra, podendo operar até 16 horas seguidas. 

Por: Kátia Passos - Secom/VG