Caderno II consolida política pública na proteção de crianças e jovens

Confraternização
Caderno II consolida política pública na proteção de crianças e jovens

Em apenas três meses de sua implantação os dados apontam resultados satisfatórios


05/12/2018    236

O Centro de Convivência “Caderno II”, trabalha com alunos crianças e adolescentes com várias atividades de desenvolvimento educacional, cultural e social, e encerrou suas atividades de 2018 em evento realizado na noite de terça-feira (04).  Nesse semestre de 2018 o projeto social funcionou no atendimento a aproximadamente 100 alunos entre adolescentes e crianças. O projeto piloto é idealizado e realizado pela Secretaria de Assistência Social que durante a programação de encerramento os alunos participaram de várias atividades, apresentações de teatro, de dança, desfile, de músicas com instrumentais tocados e cantados pelos próprios alunos do projeto.

Ao todo, são atendidos 100 adolescentes no contraturno escolar com intervenções focadas no estímulo à importância da participação cidadã, incentivo na busca da autonomia da apropriação dos direitos, reconhecimento de deveres e percepção de autoafirmação, enquanto sujeitos ativos e operantes na construção da própria cidadania. “Caderno II” oferece ao todo, 9 oficinas de qualificação profissional, de informática; práticas esportivas; música; horta; acompanhamento escolar; dança; artes cênicas; arte e comunicação social; moda e customização. As oficinas de fotografia e robótica estão previstas para iniciarem no próximo semestre de 2019.

“Concluímos, portanto que o “Caderno II”, atinge seu principal objetivo, a prevenção de situações de risco e o fortalecimento da convivência familiar e comunitária. Mostra-se consolidado no que diz respeito à procura e vagas ocupadas. Integra as instituições Família e Escola, mesmo sendo refletida nos campos de comportamento e notas escolares. Favorece uma possível mudança na reprodução social quando aponta questões relacionadas às perspectivas de futuro e quebra do ciclo de pobreza e a médio prazo, diminuição de desigualdade social”, avalia a prefeita Lucimar Sacre de Campos.

A secretária de Assistência Municipal, Flávia Omar, fala da alegria, realização e orgulho que o Município tem em contar com uma instituição modelo como é o “Caderno II”.  Flávia disse que para 2019 já está em planejamento novos projetos e ampliação dos existentes que irão maximizar a Rede de Proteção Básica do município.

Flávia Omar destaca que foi um ano muito proveitoso, e para o próximo, muitas novidades vão acontecer. "Quero agradecer a equipe técnica e a todos os pais por terem confiado no trabalho da nossa equipe. Agora interrompemos as atividades para o fechamento do ano e no próximo vamos voltar com muito mais força, garra e ânimo", diz ela.

A coordenadora do Centro de Convivência “Caderno II”, Claudia Barros, destacou a importância da realização do projeto social em Várzea Grande. Segundo ela, as oficinas profissionalizantes qualificam e preparam os jovens, para ingresso no mercado de trabalho. “O objetivo das apresentações das atividades são de informar a comunidade quanto à necessidade e importância de projetos voltados aos jovens do município e de que com esforço e afinco dão certo e envolvem as crianças e jovens numa nova perspectiva de vida. Assim está sendo o Caderno II”.

Conforme a coordenadora a proposta do projeto é aproximar todas as crianças e adolescentes atendidas e promover a socialização. “Passamos o semestre em atividades que visam à retirada dos jovens da situação de vulnerabilidade, além do fortalecimento do vínculo familiar e neste final de ano vamos comemorar os resultados satisfatórios”, destacou.  

Claudia Barros finalizou dizendo que a realização desse projeto é de grande importância para o município e para as famílias. “Além de agregar valores a sua formação pessoal, o projeto contribui de maneira decisiva no desenvolvimento de um cidadão mais consciente de seu papel na sociedade e promove a integração entre a Instituição”, disse.

 

Por: Cláudia Joséh - Secom/VG