Feira de Ciências estimula aprendizado de alunos

Estímulo
Feira de Ciências estimula aprendizado de alunos

Escolas realizam Feira de Ciências com pesquisa, experimentos e exposições


13/12/2018    223

Mais de 20 escolas da Rede Municipal de Ensino de Várzea Grande realizaram entre os meses de novembro e dezembro a ‘Feira de Ciências 2018’, com um dia dedicado a exposições dos trabalhos e experimentos nas áreas da física, química, educação ambiental, estudos de astronomia, gastronomia, reciclagem de materiais, entre outros realizados pelos alunos e orientados pelos professores, que oportunizaram aos estudantes o protagonismo na construção dos trabalhos após a realização de pesquisa, investigação e socialização dos resultados junto à comunidade escolar.

“Os trabalhos expostos foram construídos por meio da interdisciplinaridade. Foram articulados conteúdos do ensino fundamental, tais como, história, geografia, artes, meio ambiente e suas vertentes: água, lixo, plantas e animais, tecnologia, corpo humano e alimentação. Essa maneira de socializar os trabalhos contribui com a difusão do conhecimento científico para a comunidade escolar e vivência de experiências concretas aos alunos que se aprofundam em conceitos e valores científicos”, explicou o secretário municipal de Educação Silvio Fidélis.

Segundo ainda o secretário Silvio Fidélis “a intenção da realização das feiras de ciências nas escolas é fazer com que os alunos busquem a integração do conhecimento científico, bem como reconhecer que a ciência é um mecanismo que possibilita novas descobertas num mundo cada vez mais tecnológico”, pontuou.

A superintendente Pedagógica, Gonçalina Rondon, acredita que “descobrir algo por meio de um experimento dá satisfação aos alunos, porque direcionam seus olhos para além das folhas de um livro, além do espaço da sala de aula, como também a capacidade de desenvolver o raciocínio organizado, a oralidade e a argumentação”, defendeu.

Para a diretora da EMEB “Benedita Bernardina Curvo”, Juliene da Silva Arruda, a Feira de Ciências é um momento único no processo de ensino aprendizagem, pois além de ampliar os conhecimentos, amplia também a capacidade comunicativa, mudanças de hábitos e atitudes nos alunos.

Alunos da EMEB “Bianka Lorena da Rocha Capilé”, da Agrovila São Miguel, promoveram sua Feira de Ciências no final de novembro, com a exposição de trabalhos realizados pelos estudantes como sabonetes artesanais, sorvetes, sucos, maquetes feitas com argila, entre outros. Frutas do cerrado e plantas medicinais foram apresentadas, demonstrando suas utilidades e importância ao organismo humano.

Já os alunos da EMEB “Armindo de Arruda Campos”, do bairro Jardim dos Ipês, receberam a visita do secretário Silvio Fidélis durante a exposição dos seus trabalhos na Feira de Ciências da unidade, ocorrida no início de novembro. O destaque no evento foi a degustação de sucos e alimentos saudáveis, resultado das experiências realizadas pelos estudantes.

A edição 2018 da ‘Feira de Ciências’ foi realizada por professores e alunos nas seguintes EMEBs: Maria Pedrosa de Miranda, Air Addor, Bianka Lorena da Rocha Capilé, Benedita Bernardina Curvo, Senhora Dirce Leite de Campos, Padre Luiz Maria Ghisoni, Ângela Jardim Botelho, Lúcia Leite Rodrigues, Profª Irenice Godoy de Campos Silva, Paulo Freire, David Mayer, Antonio Salustio Areias, Tenente Abílio da Silva Moraes, Lenine de Campos Povoas, Faustino Antonio da Silva, Maria Barbosa Martins, Armindo de Arruda Campos, Jaime Veríssimo de Campos e Juvenília Monteiro de Oliveira.

Por: Fred Nogueira - Secom/VG