Oftalmologia foi o serviço mais procurado na área da saúde no 'Prati-Cidade'

Saúde e Prevenção
Oftalmologia foi o serviço mais procurado na área da saúde no 'Prati-Cidade'

A ação acontece no bairro Nova Fronteira


29/03/2019    149

Está sendo realizado nesta sexta-feira, 29, no bairro Nova Fronteira, em Várzea Grande, a 1º edição de 2019 do mutirão socioassistencial 'Prati-Cidade'. A Secretaria Municipal de Saúde de Várzea Grande esteve presente no grande evento e ofertou aos moradores vários serviços de saúde, entre eles consulta com médicos da área de clínico geral e oftalmologista. 

O secretário Municipal de Saúde, Diógenes Marcondes esteve presente na abertura do evento e garantiu o total apoio e a participação da secretaria em todas as edições do evento. “O mutirão 'Prati-Cidade', vem trazendo a cada edição mais serviços para as comunidades, esses benefícios facilitam a vida do trabalhador que não tem tempo nem meios para acessar alguns serviços da Administração Pública, como vários serviços que ofertados durante o mutirão a um passo do cidadão”, disse Diógenes.

 A ação foi realizada na Escola Estadual ‘Terezinha de Jesus Silva”, desde às 08h e se encerrara às 16h, equipes da Saúde realizam trabalhos de aferição de pressão arterial e medição de glicemia, além de serviço de conscientização sobre a saúde da população e saúde bucal.

Além dos serviços de saúde, outros órgãos da pasta também marcam presença no evento. O Centro de Controle de Zoonoses de Várzea Grande (CCZ-VG), realiza exposições de animais sinantrópicos e peçonhentos, além de orientações quanto a esses animais e medidas de prevenção a acidentes. O Serviço de Assistência Especializada - SAE Várzea Grande, também realizou distribuição de preservativos e orientações a exames, resultados e tratamentos realizados pela unidade. O Consultório nas Ruas e os Centros de Atenção Psicossocial (Caps) também estão realizando atendimentos, bem como a entrega de Kits odontológicos, desde o início da manhã.

A superintendente da Atenção Secundária, Lucélia Cristina de Lima Lopes, disse que a Saúde já participou de todas as edições do projeto 'Prati-Cidade' e que todos os profissionais estão muito envolvidos com o mutirão de cidadania. “Essa é mais uma forma de levarmos atendimentos e serviços às famílias carentes e que residem em áreas mais afastadas da região central. Durante o mutirão, além das consultas médicas, os pacientes que necessitaram de exames médicos foram encaminhados para unidades de atendimento na rede SUS. Os pacientes que já tinham os exames foram diagnosticados e voltaram para casa com o medicamento em mãos”, informou.

A caderneta de vacinação também pode ser atualizada durante o evento. Todas as doses estão disponíveis para a imunização de crianças e também de adultos e idosos. A estimativa de atendimento é de até ao final do dia mais de duas mil pessoas sejam atendidas e mais de 800 procedimentos e serviços sejam realizados. Já foram realizados 703 atendimentos. 

Por: Letícia Kathucia - Secom/VG