Políticas educacionais são reforçadas no 'Prati-Cidade'

Mutirão de Cidadania
Políticas educacionais são reforçadas no 'Prati-Cidade'

Várias atividades foram desenvolvidas no incentivo a leitura e ao entretenimento de crianças


01/04/2019    224

A Educação esteve presente no ‘Prati-Cidade’, com atividades educativas e esportivas para crianças. O mutirão que além de ofertar a população do bairro e seu entorno os serviços de emissão da 1ª e 2ª via de documentos e de certidões, assessoria jurídica, dentre outros inúmeros serviços de cidadania, a secretaria municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer cuidou das apresentações culturais.

Houve apresentação de dança das Crianças do Primeiro Ano da Escola Municipal de Educação Básica-EMEB Air Addor, e dos alunos da Escola Municipal de Educação Basica-EMEB Davi Muyer, no Período Vespertino. Já alunos do primeiro ano apresentaram um musical com o tema “vamos construir”. A Superintendência de Esportes promoveu torneio de futebol. O ponto alto do evento foi a declamação de um poema dos alunos da EMEB Terezinha de Jesus para a Prefeita Lucimar Sacre de Campos.

Após as apresentações das escolas, houve uma performance da Bonequinha Alice, que do palco contou para as crianças diversas historia, além de realizar inúmeras brincadeiras com os pequenos. “A intenção é desenvolver nas crianças a interatividade, a participação em grupo, tirar a timidez e participar do contexto junto no palco. Outro ponto é o incentivo a leitura. Hoje conto histórias, e a partir delas, sugiro leituras, para dar continuidade a história que foi contada, e ampliar o universo do conhecimento de cada criança, disse a educadora com o personagem bonequinha.

O pequeno Lucas Henrique de 7 anos, morador do Bairro Nova Fronteira, acompanhado pela sua mães estava participando das atividades reservada para crianças no espaço kids “eu tô gostando de tudo aqui, porque eu posso pintar o meu rosto e brincar de fazer fantoche e ainda ouvir histórias, queria que tivesse todo o dia”, pontuou o pequeno.

O Serviço Social do Comércio (SESC), trouxe o Grupo Mato Grossense de Teatro Timbanaré, onde foi apresentado o espetáculo Palhaçando, além do Timbanaré esteve presente ainda o grupo de dança Diamon Crew que fez uma apresentação de dança contemporânea e urbana. O SESC ainda ofereceu para os presentes diversos outros serviços, como: pintura artística facial infantil, cinema, artes visuais, bordados manuais, oficina de brinquedos taumatropio (brinquedo confeccionado em papelão com uma imagem em cada lado e é preso a dois pedaços de barbante, e quando as cordas são torcidas rapidamente entre os dedos as imagens dos dois lados parecem combinadas ), música, teatro de bonecas e fantoches, além das oficinas.

Segundo a Técnica Administrativa, Edna Morais “o objetivo do SESC é levar diversas atividades culturais, de lazer para a toda a comunidade, e é com grande prazer que nós do SESC estamos nesse evento hoje, sempre que nos chamam vamos com o maior prazer, porque pra gente o que importa é ver a felicidade das crianças com as atividades que nós proporcionamos”, relatou Edna.  

O Projeto contou esse ano com 11 parceiros, sendo eles: A Secretaria Estadual de Trabalho e Assistência Social, que ofertou os serviços de expedição de documentos, Plastificação de Documentos e Fotos 3X4, já o Sine realizou durante todo o dia o cadastro da população que busca uma recolocação no mercado de trabalho, a Justiça comunitária ofereceu o serviço de assessoria jurídica gratuita a todos que possuía algum tipo de dúvida, a Defensoria Pública confeccionou as declarações de hipossufeciência, a Câmara de Dirigentes Logística (CDL), fez a consulta para verificar se o CPF está negativado.  Já o Procon realizou diversas orientações ao consumidor, serviços de cartórios foram disponibilizados pelo Forúm, a polícia ambiental realizou palestras educativas e ainda levou para o local um stand com diversos animais empalhados.

Por: Luana Silveira - Secom/VG