“Amigas Empreendedoras” reúne integrantes no fortalecimento do programa de geração de renda

Dia das Mães
“Amigas Empreendedoras” reúne integrantes no fortalecimento do programa de geração de renda

Na solenidade também foram empossadas a diretoria do projeto “Amigas Empreendedoras”, dos 4 polos de Várzea Grande.


03/05/2019    322

Com o objetivo de promover a integração e socialização entre as participantes do projeto social “Amigas Empreendedoras”, a Prefeitura de Várzea Grande, por meio da Secretaria de Assistência Social promoveu nesta sexta-feira (03), um momento de festa para todas as mães dos grupos de Várzea Grande, além de dar posse a diretoria do projeto social. “Este momento é especial para lembrarmos de vocês, mães carinhosas, que dedicaram a vida para cuidar de seus filhos. Várzea Grande agradece e a festa é para retribuir um pouco dessa dedicação e amor, além da responsabilidade de cada uma de dirigir seus grupos nas várias comunidades onde o projeto foi implantado desde 2015”, disse a prefeita, Lucimar Sacre de Campos, na abertura do evento.

A festa aconteceu no auditório da Secretaria de Assistência Social e reuniu aproximadamente 100 mulheres. Apresentações culturais, músicas, relatos emocionantes e muita conversa animaram à tarde. “Essa integração entre os grupos ajuda a deixar o dia ainda melhor. A festa é para todas e demonstra todo o respeito que temos pelas mães várzea-grandenses”, frisou a prefeita.  

A prefeita apresentou os diversos papeis realizados pela mulher na sociedade. “Sabemos da dificuldade no dia a dia, que cada uma enfrenta, muitas com a sua dupla jornada, outras como chefes de família, de todas as idades, cada uma é imbuída de uma responsabilidade ímpar. As mães são o esteio da família temos que reconhecer a importância delas nos lares, por isso esta gestão busca parabenizá-las, nesta data especial”, sublinhou.

A secretária de Assistência Social, Flávia Omar disse que o projeto “Amigas Empreendedoras” é uma proposta da Administração Municipal com foco na cidadania e o acesso a inclusão produtiva. “A opção pelo recorte de gênero se deu pelo crescente número de mulheres que ampliam seu papel na sociedade e em suas comunidades, assumindo a chefia de suas famílias e que são responsáveis não só pelo sustento financeiro da família, mas também pelo desenvolvimento cultural, social e educacional dos filhos. O projeto garante a esse segmento a oportunidade de melhoria na renda familiar, desenvolvimento das suas capacidades e talentos para convivência social, protagonismo e autoestima”, enfatizou a secretária.

Para a secretária, a homenagem é uma forma de agradecimento ao papel desempenhado por cada uma das mães no dia a dia de cada ser humano. Na abertura do evento, Flávia Omar destacou o papel das mães na condução da qualidade da educação familiar. “As mães são seres especiais, é importante pensar sobre a função das mães, celebrar a doação dedicada por essas mulheres, aos filhos, esposos e netos”, destacou.

As beneficiárias do projeto social relataram que as oficinas profissionalizantes são oportunidades ímpares, uma ferramenta de empoderamento social, familiar e financeiro, além de oportunizar momentos de integração e socialização, em especial, comemorar o Dia das Mães.

A Secretária de Assistência Social explicou que foi uma importante reunião planejada com muita dedicação às participantes do projeto social. “Mãe é a peça principal de uma família, mulher guerreira que luta pelos seus ideais, pensando sempre e primeiramente em seus filhos”, diz a secretaria que além de parabenizar as mães por este dia tão especial, ressaltou a competência e dedicação de toda a equipe de trabalho que esteve à frente da confraternização que visou atender as mães que são beneficiadas com os serviços ofertados pela Secretaria Municipal de Assistência social.

Na solenidade também foram empossadas a diretoria do projeto “Amigas Empreendedoras”, dos 4 polos de Várzea Grande. Os grupos são formados pela líder, vice-líder, secretária, 1ª, 2ª, 3ª tesoureiras, além do apoio. Nas oficinas são oferecidas qualificação profissional de: artesanato, bordado em chinelo, crochê, cabeleireiro, design de sobrancelha, culinária, corte e costura e pintura em tecidos. O projeto implantado desde 2015 já qualificou cerca de 5 mil mulheres de Várzea Grande.

Por: Cláudia Joséh - Secom/VG