Várzea Grande inaugura o primeiro de 16 centros municipais de educação infantil 

CMEI Vô Caetano - Bairro Ouro Verde
Várzea Grande inaugura o primeiro de 16 centros municipais de educação infantil 

A unidade, que atenderá até 200 crianças, é a segunda inaugurada pela atual gestão. Ação integra festividades do aniversário de 152 anos. Mais duas unidades serão entregues durante as comemorações


09/05/2019    1087

Espaço aconchegante, digno para se estar, brincar, alimentar e estudar. As comunidades dos bairros Ouro Verde e São Simão comemoraram a inauguração do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Caetano da Costa – Vô Caetano. Este é o segundo CMEI inaugurado pela prefeita Lucimar Sacre de Campos em uma previsão de 16 unidades para atender a educação infantil até 2020, que ampliará em cinco mil novas vagas na faixa etária até 5 anos, totalizando R$ 50 milhões em investimentos em infraestrutura, mobiliários, equipamentos, entre outros.

“Sabemos que não iremos solucionar todos os problemas da cidade e da população várzea-grandense, mas estamos fazendo o que está ao nosso alcance. Todas as nossas metas já foram alcançadas e agora estamos indo além do que prometemos porque temos compromisso com a família várzea-grandense. Buscamos excelência em nossa gestão e nosso município é hoje um dos poucos, no Brasil, que possui as contas em dia, capacidade para honrar a folha de pagamento dentro do mês trabalho, além de recursos próprios para ter contrapartida e honrar investimentos que beneficiem diretamente a sociedade”, declarou a prefeita Lucimar Sacre de Campos se referindo às inaugurações de 152 anos de Aniversário de Várzea Grande, inclusive de outras duas CMEIs, que ocorrem até dia 15 de maio.

A unidade inaugurada possui 890,73m² de área construída, possui cinco salas de aula, uma sala multiuso, cozinha, refeitório, fraldário, sala de amamentação, solarium, área de serviço, parque, banheiros, área administrativa completa e capacidade para atender a 188 alunos. Segundo o secretário municipal de Educação e Cultura, Silvio Fidelis, o valor em infraestrutura física é de R$ 1,4 milhão sendo R$ 513 mil de recursos próprios. “Porém os investimentos somente nesta unidade ultrapassam os R$ 2 milhões devido aos mobiliários, equipamentos e demais elementos exigidos pelo Ministério da Educação e essenciais para o desenvolvimento infantil”, detalhou.

“A maioria das mães tem a mesma história que a minha. Temos que andar muito ou então pedir favor para alguém. Somos eternamente gratas por este CMEI que não só contribui com as nossas famílias, mas também valoriza o nosso bairro”, disse Valdineia da Silva Romão, mãe do Felipe Douglas, de 1 ano e 3 meses.

A mãe dos meninos Levi e Liau de 3 anos e 1 ano, respectivamente, Rosangela Clarisse de Miranda, também comemorou a inauguração pois espera oportunizar um aprendizado melhor para seus filhos além de economizar. “Sou auxiliar de cozinha e quando meu marido não pode ficar com eles tenho que pagar alguém para cuidar, sempre que vou trabalhar. Com certeza esse dinheiro que vai sobrar já vai ajudar. Sem falar que essa escola ficou linda”, declarou a mãe.

Para a diretora da unidade Mariáh Oliveira, “a inauguração da CMEI realiza um sonho dos gestores e é um presente e privilégio para às comunidades dos bairros Ouro Verde e São Simão que já poderão utilizar os serviços desta unidade a partir do dia 30”.

A unidade foi batizada com o nome de um ex-funcionário da rede municipal de ensino e de família tradicional de Várzea Grande “Caetano da Costa”. Seu filho o jornalista e radialista Augusto Roberto da Costa falou sobre a homenagem. “Nossa família ficou muito feliz não somente por lembrarem de Caetano da Costa mas também por batizarem uma obra que abrigará e ensinará crianças. Nosso pai também foi sapateiro e desportista, ajudou a fundar o time do Operário Várzea-grandense e esse reconhecimento nos enche de orgulho. Ele faleceu em 2017 com 97 anos, sempre participativo e atuante socialmente. Agradeço ao vereador Ícaro Reveles que fez a indicação do nome do meu pai, e à prefeita Lucimar Sacre de Campos que acatou e construiu essa obra de qualidade para à nossa comunidade”, falou Augusto Roberto em nome dos demais familiares presentes, inclusive a irmã mais velha do homenageado Nair Costa de 97 anos.

O vereador, Ícaro Reveles foi quem fez a indicação do nome para a CMEI, declarou que “a Câmara de Vereadores está de portas abertas para projetos como este em que homenageiam personalidades e resgatam a história de Várzea Grande”.

Além de agradecer a todos os presentes na inauguração, imprensa, secretários municipais, vereadores, representantes do senado federal, prefeitura de Cuiabá, convidados e comunidade em geral, a prefeita Lucimar Sacre de Campos enalteceu toda sua equipe pelos grandes avanços que o município teve na Educação. “Tenham a certeza de que muito ainda faremos. A nossa gestão trabalhará até o último minuto do nosso mandato e quero contar com o apoio de todos aqui”, declarou.

Por: Rafaela Maximiano - Secom/VG