Controladoria Geral de Várzea Grande estuda implantar Sistema de Controle Interno informatizado

Governo Transparente
Controladoria Geral de Várzea Grande estuda implantar Sistema de Controle Interno informatizado

Objetivo é padronizar procedimentos, dar celeridade a processos e oferecer maior controle social


04/07/2019    396

A Controladoria Geral do Município de Várzea Grande estuda adotar uma nova ferramenta de gestão, o Sistema de Controle Interno (SCI), com o objetivo de padronizar procedimentos, dar celeridade a processos, a relatórios, a planejamentos, controlar prazos e oferecer maior controle social dos dados públicos à sociedade. A informação é do controlador Geral do Município, Kleber Ferreira Ribeiro, que juntamente com sua equipe técnica já analisaram a viabilidade da ferramenta eletrônica desenvolvida por analistas da Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI) e disponibilizada gratuitamente pela Controladoria Geral do Estado (CGE-MT).

“Sou um entusiasta do processo eletrônico. Esses avanços tecnológicos permitem mais celeridade para nós funcionários e principalmente mais transparência para a sociedade. Essa ferramenta eletrônica já é utilizada nas atividades de auditoria e controle preventivo da Controladoria Geral do Estado de Mato Grosso (CGE-MT) e concentra as informações de todo o ciclo de auditoria, da abertura das ordens de serviços à elaboração dos relatórios, orientações técnicas, pareceres, etc. Portanto, além de celeridade e padronização aos trabalhos, teremos uma organização com metodologia de atuação já utilizada pela CGE-MT”, detalhou o controlador.

Ainda no mês de junho, os auditores internos de Várzea Grande participaram do treinamento oferecido pela CGE-MT, pela Associação de Auditores da CGE (Assae) e pela Associação de Auditores e pelos Controladores Internos dos Municípios de Mato Grosso (Audicom-MT) e segundo Kleber Ferreira Ribeiro, lhes foi assegurado o compartilhamento gratuito da plataforma com os municípios interessados, como parte da diretriz estratégica de apoio aos controles internos municipais. 

“O município não irá gastar com a aquisição ou manutenção do software, que trará aumento de produtividade, ganho em redução de custos, além do aumento da qualidade e da eficiência na atividade da Controladoria de Várzea Grande. É a reunião das melhores práticas e processos para que os nossos profissionais auditores sigam e tenham melhores resultados. É ainda indiscutível o uso da tecnologia para se chegar à eficiência na administração pública”, completou.

O Controlador Geral também avalia que o cidadão está cada vez mais atento ao trabalho das gestões públicas, acompanhando e fiscalizando os gastos públicos. “O objetivo de implantarmos essa ferramenta, também é de ampliar a transparência da gestão pública e fortalecer a participação social, pois a nossa sociedade começa a perceber a importância do engajamento na fiscalização dos gastos e investimentos do Poder Executivo. E, a nossa missão como Controle Interno é a de fornecer aos gestores, à prefeita e secretários municipais, informações para a tomada de decisão, relatos que venham auxiliar no controle dos processos, com o objetivo de alcançar as metas estabelecidas, colaborando na definição de suas responsabilidades, fornecendo análises, recomendações, pareceres e acima de tudo, informações relativas às atividades examinadas, propiciando, assim, um controle efetivo das contas públicas. Com certeza a informatização agilizará os procedimentos internos e de transparência à sociedade”, enfatizou Kleber Ferreira Ribeiro.

Por: Rafaela Maximiano - Secom/VG