‘Sorria Várzea Grande’ já atendeu mais de mil crianças da Rede de Ensino

Saúde Bucal
‘Sorria Várzea Grande’ já atendeu mais de mil crianças da Rede de Ensino

Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Wilson Sodré Farias, no bairro Jacarandá é a nova unidade beneficiada


13/08/2019    343

O projeto 'Sorria Várzea Grande', promovido pela Prefeitura de Várzea Grande por meio da Secretara Municipal de Saúde e em parceria com o Centro Universitário de Várzea Grande (UNIVAG), já atendeu mais de mil crianças da Rede Pública de Ensino desde que começou a ser desenvolvido no município. Nesta segunda-feira, 12, o Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Wilson Sodré Farias, no bairro Jacarandá, começou a executar o projeto que atenderá 330 crianças. A primeira etapa seleciona os pequenos que necessitam de atendimento e especificam quais. Também recebem atividades lúdicas e kits de higiene bucal contendo uma escova de dente, creme dental e fio dental.

O 'Sorria Várzea Grande' atendeu mais de mil alunos, desses 805 já tiveram o tratamento concluído dentro da própria unidade de ensino e 81 encaminhados para o Centro de Especialidades Odontológicas de Várzea Grande (CEO), para tratamentos de maior complexidade, e 115 em fase de conclusão. 

O projeto visa incentivar a prevenção da saúde bucal e facilitar o acesso das crianças ao Centro Odontológico. Além dos alunos, professores e servidores da unidade também são inseridos nos trabalhos de orientação e prevenção. A primeira etapa do programa é trabalhar com os pais e servidores quanto a importância de cuidar da saúde bucal nessa fase da criança, que é a partir de um ano de idade. Todo o trabalho com as crianças é realizado com autorização dos pais e dentro da sala de aula. “O objetivo é realizar os exames e tratar desses pacientes dentro do habitat natural dele, sem interferir na rotina”, é o que explica a coordenadora do projeto Noemi Oliveira.  

Noemi explica que o objetivo principal do 'Sorria Várzea Grande', que trabalha com a prevenção, é disponibilizar atendimentos a todos sem interferir nos atendimentos de quem realmente necessita. “Desde o início do projeto já finalizamos 805 atendimentos, desses apenas 81 foram encaminhados para o centro. Ou seja, resolvemos lá na ponta, trabalhando com procedimentos mais simples e incentivando a prevenção, sem necessitar de um tratamento mais complexo. Além disso facilita o acesso dos pacientes para os atendimentos, por que muitos pais não tem tempo de levar os filhos as consultas agendadas”, frisa Noemi.           

O projeto é desenvolvido em conjunto com alunos do curso de odontologia do UNIVAG, sob a orientação e apoio de um ou dois dentistas, dependendo da equipe, os alunos realizam todo o trabalho de triagem, exames e tratamentos das crianças. A aluna do 8º semestre de odontologia, Karynne Gomes, fala da experiência enriquecedora não só pra ela, mas para toda a turma que acompanha o projeto desde o início do ano. “Os esforços são para passar o conhecimento de cuidados e prevenção aos pequenos. Tudo é feito de uma forma bastante lúdica para chamar a atenção deles para que eles possam aprender e repassar esse conhecimento em casa. Ensinamos a forma correta de cuidar dos dentinhos e o que impressiona é o interesse deles em aprender tudo que é ensinado e também a receptividade com a qual nos recebe”, disse a estudante que agradece a parceria e parabeniza o município pelo trabalho desenvolvido nas escolas.  

Na próxima etapa os alunos já começam a ser submetidos ao tratamento que necessita. A equipe de Saúde leva a estrutura de um pequeno “consultório” dentro da creche para atendê-los individualmente com a autorização dos pais. A média do prazo do início ao término dos trabalhos na escola dura cerca de 20 dias. Após esse prazo o projeto avança para uma nova unidade.

O 'Sorria Várzea Grande' já concluiu os tratamentos dentários em 5 unidades de ensino e passa a atuar na 6º unidade, a maior delas com 330 alunos, na creche do bairro Jacarandá.

Por: Letícia kathucia - Secom/VG