Prefeita é homenageada por resultados no desenvolvimento econômico de Várzea Grande

Desenvolvimento Socioeconômico
Prefeita é homenageada por resultados no desenvolvimento econômico de Várzea Grande

A homenagem foi prestada pelo Conselho Regional de Economia do Estado de Mato Grosso (Corecon-MT) com a primeira Comenda “Economista Roberto Campos”


18/11/2019    496

Investimentos em serviços essenciais como saúde, educação e infraestrutura atraíram o novo campus da UFMT, do IFMT, Shopping Center, centros de diagnóstico de saúde, rede de supermercados, frigoríficos, lojas varejistas de renome nacional, de atacados, e futuramente a Unemat e o Parque Tecnológico.

A prefeita Lucimar Sacre de Campos foi homenageada nesta segunda-feira 18  de novembro, pelo Conselho Regional de Economia do Estado de Mato Grosso (Corecon-MT) com a primeira Comenda “Economista Roberto Campos”. A honraria que é inédita e marcam os 45 anos da implantação do Conselho no Estado, reconhece a atuação de personalidades que contribuem para o desenvolvimento econômico das cidades em Mato Grosso.

“A concessão da Comenda "Economista Roberto Campos" tem o objetivo de valorizar o profissional de economia em nosso Estado, bem como reconhecer gestores que têm ajudado a alavancar a economia dos nossos municípios. Neste contexto, o grande impulsionamento econômico e social que a prefeita Lucimar vem alcançando para Várzea Grande, é notável. Seu nome foi aprovado por unanimidade por todos os nossos conselheiros”, afirmou o presidente do Corecon-MT, Evaldo Silva.

A chefe do executivo em Várzea Grande disse durante a condecoração, realizada no auditório Milton Figueiredo da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, estar muito agradecida e honrada em ser homenageada. “É muito gratificante quando temos nosso trabalho reconhecido, principalmente quando estamos dentro de um grupo tão seleto. Apenas doze pessoas foram homenageadas. Isso prova que estamos no rumo certo e, o trabalho desenvolvido em Várzea Grande está ganhando destaque. Queremos continuar assim atraindo novos investimentos e gerando emprego e renda”, enfatizou a prefeita.

Várzea Grande é a segunda cidade mais populosa do Estado, com 271.339 mil habitantes, e, tem o terceiro maior Produto Interno Bruto – PIB, de Mato Grosso, R$ 20 mil por habitante, ficando atrás apenas da Capital Cuiabá e de Rondonópolis. De acordo com a prefeita, os investimentos públicos dos últimos anos em diversos setores da cidade a exemplo de planejamento, logística, qualificação da mão de obra, serviços sociais e às intervenções com investimentos públicos na área de mobilidade urbana, saneamento básico, saúde, educação, asfalto e moradia, tem se apresentado como atrativos para a instalação de novos investimentos privados, transformando o cenário econômico e social a exemplo dos setores: varejista, atacadista, plantas frigoríficas, agronegócio, logística, universitários, entre outros. 

“Várzea Grande é hoje, uma cidade com cenário econômico de oportunidades e de desenvolvimento. Conseguimos captar investimentos públicos importantes para a infra-estrutura da cidade. Estamos sim, seguindo o caminho do desenvolvimento. Nossos investimentos em todas as áreas e os bons números em indicadores sociais que melhoram a cada dia, e o nosso povo trabalhador, atraem diversas empresas que enxergam boas oportunidades em nosso município", frisa a prefeita. 

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputados estadual Eduardo Botelho, que também foi homenageado afirmou que “o momento é de franco desenvolvimento para Várzea Grande. As obras executadas principalmente nos últimos anos deram uma cara nova à cidade, transformando a paisagem e modernizando o município. As execuções dessas obras estruturantes abriram perspectivas para que novos investimentos fossem conquistados para atender mais pessoas”. 

“Entre os empreendimentos que escolheram se instalar em Várzea Grande recentemente é possível citar o novo campus da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) e futuramente da Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat), e do Parque Tecnológico, todos na região do Chapéu do Sol. Também podemos citar o Várzea Grande Shopping, centros de diagnóstico de saúde, rede de supermercados, frigoríficos, lojas varejistas de renome nacional, entre outros. Só temos que agradecer e nos posicionar a favor de que mais empreendimentos de peso sejam sediados em Várzea Grande, pois auxiliam na retomada da economia e projetam avanços que o município precisa encampar”, finalizou a Prefeita Lucimar Sacre de Campos.

“Economista Roberto Campos” - A escolha do nome da Comenda prestigia o economista Roberto de Oliveira Campos, que nasceu em Cuiabá em 1917. Além de economista, foi professor, escritor e político. Fez parte da delegação brasileira da Conferência de Bretton Woods, que criou o Fundo Monetário Internacional e o Banco Mundial. No período em que esteve nos Estados Unidos, foi membro da delegação brasileira em diversas reuniões e conferências internacionais.

Mais tarde, tornou-se parte da assessoria econômica do presidente Getúlio Vargas. No Governo Juscelino Kubitschek, foi um dos Presidentes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social e teve uma participação importante no Plano de Metas. Foi ministro do Planejamento durante o governo de Castelo Branco, quando promoveu muitas reformas econômicas. Foi também um dos idealizadores do Banco Central do Brasil, Estatuto da Terra e do FGTS.

Além de Lucimar Campos, foram homenageados com a Comenda: o governador de Mato Grosso, Mauro Mendes; o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho; o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro; o presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais de Mato Grosso, Jonas Alves; o presidente da Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso, Gustavo de Oliveira; o presidente da FAMATO, Normando Corral; o presidente da FCDL, Ozair Nunes Bezerra; o presidente da CDL Cuiabá, Nelson Soares Junior; a presidente da Junta Comercial do Estado de Mato Grosso, Gercimira Ramos Moreira Rezende; o arcebispo de Mato Grosso, Dom Milton Antônio dos Santos; e o desembargador Carlos Alberto Alves da Costa, presidente do Tribunal de Justiça.

Por: Rafaela Maximiano - Secom/VG