Esporte atua no desenvolvimento humano e social do  jovem e adolescente

Juventude Ativa
Esporte atua no desenvolvimento humano e social do  jovem e adolescente

2º Torneio de Futsal foi realizado no Ginásio Poliesportivo Abdão Profeta


18/11/2019    481

Centenas de jovens participaram do 2º torneio de futsal do ‘Projeto Juventude Ativa’, no Ginásio Poliesportivo Abdão Profeta. O projeto idealizado pela Secretaria de Assistência Social atende cerca de 600 adolescentes em 6 oficinas distintas. O objetivo do 2º torneio foi de integração, socialização e cooperação entre os jovens visando oportunizar momento de disputa em jogo, onde todos saíram vencedores.

Conforme a secretária de Assistência Social, Flávia Omar o projeto de inclusão social garante lazer, por meio da oficina de Esporte. “O projeto oportuniza adolescentes a desenvolverem interesse pela prática esportiva, dominar a técnica e tática no futsal. O projeto oferece aulas uma vez por semana, nos polos Manga, Capela do Piçarrão, Mangabeiras e Jardim Eldorado, no contraturno escolar. Atualmente a oficina de esporte está presente em quatro polos distintos, com 25 jovens de cada polo, totalizando 100 assistidos pela oficina de esporte, nas modalidades masculino e feminino. Um dos principais objetivos é também formar cidadãos, por meio da promoção educacional, com ensinamentos de valores éticos e morais aos participantes do torneio”, explica.

Segundo a secretária o torneio foi uma forma de levar diversão e cidadania aos jovens com atividades esportivas. “O esporte é uma grande ferramenta de inclusão social e, com ele, queremos fortalecer o espírito de cidadania, oportunizando aos jovens o acesso ao futsal. O objetivo do torneio é integrar, motivar e fortalecer seus participantes, proporcionando experiências de vida a crianças e adolescentes que têm no esporte a chance de melhor se integrar na sociedade e viver momentos de lazer e entretenimento”, pontua.

De acordo coordenadora do projeto ‘Juventude Ativa’, Cláudia Barros, o projeto visa levar direitos e participação cidadã ao jovem de 12 a 17 anos em atividades lúdicas, por meio das oficinas de teatro, dança, música, grafitagem, esportes (futsal) e pintura em tela.

“O esporte é o principal mecanismo de eficácia comprovada, como fator de crescimento humano, comportando vários benefícios, tanto para individualidade como para coletividade. O esporte para o adolescente é de vital importância, dando-lhe subsídios para que esses possam por si mesmos transformar a sua realidade. O futsal proporciona desenvolvimento humano e social do adolescente como cidadão”, explica a coordenadora.

A coordenadora disse que todos os alunos estão de parabéns, por tudo que fizeram no torneio, além da dedicação aos treinos e competições. Todos são campeões, pois semana a semana se dedicam para se superar, e os resultados estão aparecendo individualmente no crescimento técnico e tático de cada um e coletivamente nos resultados nas competições e no desempenho escolar. “A cada semestre estaremos inovando e aperfeiçoando a técnica para que eles sejam destaque nesta modalidade esportiva no município, além dos campeonatos regionais e estaduais”,  ressaltou.

O torneio de futebol foi composto nas modalidades masculino e feminino. Os jogos foram disputados no esquema de pontos corridos. O primeiro e segundo colocados foram contemplados com troféus e medalhas.

Por: Cláudia Joséh - Secom/VG