"Lixo Zero" conscientiza alunos da rede pública de Várzea Grande sobre resíduos sólidos

Ação Ambiental
"Lixo Zero" conscientiza alunos da rede pública de Várzea Grande sobre resíduos sólidos

No total são 13 escolas participantes da Ação Ambiental


11/12/2019    327

A ação de conscientização ambiental ‘Lixo Zero’, promovido pela Educação Ambiental da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, está sendo realizada em 13 escolas da rede pública municipal de Várzea Grande. Os alunos das EMEBs Rita Auxiliadora de Campos; Maria Toledo Areias; Ary Leite de Campos; Irenice Godoy de Campos; Júlio Domingos de Campos; Mamed Untar; Honorato Pedroso de Barros; Eliza Maria da Silva; Paulo Freire; Lenine de Campos Póvoas; Juvenilia Monteiro de Oliveira; Vereador Zeno de Oliveira e Apolônio Frutuoso da Silva participam da ação.

A atividade consiste no trabalho das equipes de estudantes que realizam a coleta de resíduos no entorno das escolas, dentro do projeto ambiental, com ajuda da comunidade e instrutores. De acordo com o coordenador da Educação Ambiental, professor Vagner César Barros, essa ação faz parte de práticas simples que, internalizadas acabam criando nos alunos hábitos e comportamentos de respeito ao ambiente onde vivem, seja na escola ou em sua residência contribuindo assim para territórios mais saudáveis, proporcionando a redução do mosquito Aedes aegypti e consequentemente, menos casos de dengue, zika vírus e chikungunya na comunidade.

Barros explicou que a ação ‘Lixo Zero’ foi fomentada a partir das experiências exitosas apresentadas pela realização do Projeto ‘3Rs’ “Reciclar é bom, reutilizar é melhor e reduzir é melhor ainda”, realizado em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável, com a participação de dez escolas da rede municipal, que ao longo do ano, desenvolveram atividades pedagógicas, de estudo, pesquisa em sala de aula, de campo e visitas a empresas, com a finalidade de refletir sobre a sustentabilidade (Reduzir, Reutilizar e Reciclar).

De acordo com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), os projetos integradores têm como objetivo tornar a aprendizagem da educação ambiental dos alunos mais concreta possibilitando a ligação entre diferentes componentes curriculares e áreas de conhecimento e os conecta a situações vivenciadas pelos alunos em suas comunidades a fim de que o conhecimento faça sentido em sua vida.

Para o secretário Silvio Fidelis, as questões do resíduo (lixo que pode ser reciclado ou reutilizado) e rejeito (lixo que no momento não possui possibilidade de reuso) é uma preocupação na construção de territórios saudáveis e sustentáveis diante do resultado do levantamento em 2017 feito pela Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (ABRELPE) em média 387 kg por ano habitante em nosso país.

“A partir dos resultados positivos apresentados pelo Projeto '3 Rs', que visa levar para dentro da sala de aula a reflexão a respeito da redução no consumo dos diferentes tipos de resíduos, reciclagem, reutilização e compostagem, considerados cada vez mais urgente e importante para a comunidade escolar a diversificação das ações pró meio ambiente, pois o futuro da sociedade depende da relação harmoniosa entre a natureza, o homem e dos recursos naturais disponíveis”, declarou Fidelis.

O Projeto LEVO - Local de Entrega Voluntária de Óleo, também está sendo promovido em 13 escolas em Várzea Grande em parceria com a empresa Teoria Verde e tem, como foco, a correta destinação de óleo de cozinha usado que, se descartado de forma incorreta ou diretamente na natureza, pode contaminar o solo e a água, causando sérios problemas a população.

Por: Fred Nogueira - Secom/VG