Educação conclui curso intersetorial promovido pela Fundação Oswaldo Cruz/UNB

Políticas Intersetoriais
Educação conclui curso intersetorial promovido pela Fundação Oswaldo Cruz/UNB

Após os estudos, projetos deverão ser implantados nas EMEB s Lúcia Leite Rodrigues e Joaquim da Cruz Coelho


17/12/2019    354

Foi concluído no último dia 13, no auditório do Anexo I da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, o curso semipresencial “ Saúde e Segurança na Escola “, promovido pela Prefeitura Municipal de Várzea Grande, realizado e certificado pela Fundação Oswaldo Cruz-Brasília e pela de Universidade de Brasília (UnB),e por meio de iniciativas do Ministério da Justiça e Segurança Pública, da Secretaria Nacional de Segurança Pública - SENASP e da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas – SENAD.

Segundo a representante da Fiocruz no município, Eunice Fátima Pereira a capacitação intersetorial teve como objetivo formar educadores das escolas públicas assim como servidores das secretarias municipais de Saúde, Assistência Social, Defesa Social e de Desenvolvimento Urbano, Econômico e Turismo  juntamente com a Polícia Militar de MT para elaboração e implementação coletiva de um projeto de ações voltadas para o fortalecimento da comunidade escolar, no enfrentamento das situações de violência em contextos de risco pelo envolvimento com álcool e outras drogas.

O curso apresentou uma proposta intersetorial para promover ações integradas de saúde, educação e segurança, assim como condições protetivas para a garantia de direitos de educandos de escolas públicas em territórios identificados de alta vulnerabilidade social, em decorrência da violência que atinge crianças e adolescentes. Com carga horária de 180 horas na modalidade EAD (virtual) e 68 horas semipresencial, teve sua certificação como Aperfeiçoamento pela Escola Fiocruz e pela Universidade de Brasília.

De acordo com o Secretário de Educação, Silvio Fidelis, o paradigma da promoção da Saúde na Escola, é fortalecido a partir de ações institucionais e de intersetorialidade, promovendo articulação entre diversas políticas com a finalidade de construção coletiva para a segurança e a melhoria da qualidade de vida de todos os atores da comunidade escolar interna e externa, garantindo assim os direitos de crianças e adolescentes.

Segundo a tutora do curso e coordenadora da área de  Saúde Mental de Várzea Grande, Soraya Mitter Simon, o foco da capacitação esteve na formação intersetorial continuada dos educadores e outros servidores para a abordagem de um dos importantes fatores de risco associados à violência: o uso abusivo de álcool e outras drogas em territórios de alta vulnerabilidade social.

Como resultado dos estudos, foram elaborados dois projetos de intervenção que serão plenamente executados em 2020 nas - Escolas Municipais de Educação Básica Lúcia Leite Rodrigues e Joaquim da Cruz Coelho com o olhar integrador entre escola, aluno e família.

Por: Fred Nogueira - Secom/VG