Blitz educativa alerta sobre violências contra crianças e adolescentes, mulher e idoso, neste carnaval

“Carnaval é 100”
Blitz educativa alerta sobre violências contra crianças e adolescentes, mulher e idoso, neste carnaval

Em casos de violação, disque 153 e 191. E o telefone para denunciar a violência contra a mulher é o 100.


21/02/2020    320

Com o objetivo de conscientizar cidadãos sobre as diversas violações do direito no período carnavalesco e efetuar denúncias sobre casos de abuso e exploração sexual e trabalho infantil, de crianças e adolescentes, violência doméstica, violência ao idoso, violência do gênero, violência contra pessoa com deficiência, a Prefeitura de Várzea Grande, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social promove a campanha carnaval em Várzea Grande “Carnaval é 100”. A blitz educativa foi realizada nesta sexta-feira (21), em vários pontos da cidade e reforça as políticas públicas em prol dos direitos das crianças e adolescentes e dos cidadãos da cidade. Em casos de violação, disque 153 e 191.

A campanha educativa de Carnaval integra também a conscientização sobre os perigos do álcool x direção. Na ação de abordagem foi feita entrega de kits e panfletos orientativos aos condutores de veículos e motos.

Conforme a secretária de Assistência Social, Flávia Omar, as ações têm o objetivo de conscientizar a população acerca da importância de se combater o assédio como um todo, violência e exploração sexual contra crianças e adolescentes, distribuindo materiais educativos, preservativos, adesivos, entre outros.

“A ação tem como objetivo conscientizar a população que identificar e denunciar esses crimes, além de mostrar aos várzea-grandenses e visitantes que a cidade tem políticas públicas de proteção e conscientização atuantes no que diz respeito a campanhas e ações a favor da dignidade humana. Vale ressaltar que violações dos direitos da criança e do adolescente podem ser denunciadas através do disque 153 e o telefone para denunciar a violência contra a mulher é o 100”, explica a secretária Flávia Omar.

Durante o dia orientadores socioeducativos dos Serviços Especializados da Secretaria atuaram por meio de abordagem no Terminal André Maggi, Rotatória do Cristo Rei, Terminal Rodoviário de Várzea Grande e Trevo do Lagarto. O foco é no trabalho social com abordagem contra a violência dos mais variadas espécies neste período carnaval, onde a população pode utilizar a ferramenta do disque-denúncia para proteger as pessoas vulneráveis. Além da conscientização nesta época, o trabalho é realizado diariamente durante todo o ano em diversos pontos da cidade.

A secretária de Assistência Social disse que a ação foi um meio de sensibilizar, informar, conscientizar e esclarecer a população com relação aos direitos das crianças e adolescentes e demais segmentos principalmente no período de festas de Carnaval. “Esperamos que a sociedade agora faça a sua parte e não fique na omissão, que denuncie violência e maus tratos contra criança e adolescentes, idoso, mulher, trabalho infantil, entre outros”.

A campanha foi realizada por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS); Guarda Municipal; Conselho Tutelar; Polícia Rodoviária Federal e Comitê Estadual de Prevenção e Enfrentamento de Tráfico de Pessoas de Mato Grosso (CETRAP) e articulada pela Secretaria de Assistência Social de Várzea Grande.

Por: Cláudia Joséh - Secom/VG