Várzea Grande retoma vacinação contra a influenza H1N1 nesta sexta-feira (24)

Mais 7 mil Doses
Várzea Grande retoma vacinação contra a influenza H1N1 nesta sexta-feira (24)

Este será o segundo lote da segunda etapa que já aplicou 7 mil vacinas desde o  último dia 16 de abril. Com as novas vacinas já serão 37 mil doses aplicadas na população


23/04/2020    682

Várzea Grade retoma nesta sexta-feira, 24 de abril, a campanha de vacinação contra a gripe influenza H1N1 com mais sete mil doses ofertadas pela Secretaria de Estado de Saúde, após repasse do Ministério da Saúde.

Está será a segunda parte da segunda etapa e tem como público alvo os profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doença crônicas não transmissíveis e outras condições especiais, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, caminhoneiros, motoristas e cobradores de transporte coletivo, portuários e indígenas.

Na quinta-feira passada, 16 de abril, Várzea Grande, abriu a segunda etapa da campanha de vacinação que tem estimativa de ser concluída até o início do mês de maio.

A terceira e última etapa deve finalizar no final de maio ou início de junho dependendo do volume de vacinas ofertadas pelo Ministério da Saúde.

Na primeira etapa, iniciada em 23 de março passado até 15 de abril foram aplicadas mais de 23 mil vacinas para os idosos e profissionais da saúde pública e privada.

Nesta segunda etapa estão previstas 16,5 mil vacinas, sendo que a primeira leva de vacinas somaram 7 mil doses que a partir de amanhã, 24 de abril ganha mais 7 mil doses.

“O calendário do Ministério da Saúde vai até o final do próximo mês de maio e visa facilitar diagnósticos de possíveis casos de Covid-19, pois se a população se encontra imunizada da Influenza H1N1, qualquer sintoma de Síndrome Respiratório Aguda Grave – SRAG, permite uma atuação mais rápida e eficiente contra o coronavirus”, disse o secretário de Saúde de Várzea Grande, Diógenes Marcondes.

Para receber a dose da vacina contra H1N1, caminhoneiros e profissionais que trabalham no transporte coletivo devem apresentar documento comprobatório da atuação como: carteira de trabalho, contracheque com documento de identidade, carteira de sócio do sindicato de transporte dos motoristas e cobradores, ou ainda carteira de habilitação categorias C, D ou E, ou crachá funcional. Profissionais da força de segurança também devem apresentar documento que comprove sua atuação no segmento.

“Doentes crônicos podem apresentar prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina ou receita médica com prescrição do medicamento utilizado pelo paciente. Os pacientes já cadastrados no SUS, em programas de controle das doenças crônicas, devem se dirigir aos postos de saúde que estão cadastrados para receber a vacina”, informa o secretário de Saúde, Diógenes Marcondes.

O secretário de Saúde de Várzea Grande, reafirmou a necessidade de cuidados redobrados por parte da população, lembrando que não se tem apenas os doentes do Covid- 19, mas também outros casos que necessitam de atendimento e de cuidados, por isso, o distanciamento social e apenas os considerados essenciais devem manter um ritmo normal do cotidiano, ou seja, do dia a dia e os demais devem se precaver para evitar maiores consequências, procurando aliar a necessidade de trabalhar com a de preservar a saúde pessoal, familiar e das outras pessoas.

Veja os locais de vacinação:

LOCAIS –

Clínica de Atenção Básica ‘Dr. Moacir Dellanes’ – Jardim Glória;

Clínica de Atenção Básica ‘Miguel Baracat’ - 24 de Dezembro;

Clínica de Atenção Básica ‘Arminda Sato’ (Marajoara);

Clínica de Atenção Básica ‘Vitor Marques’ (Cristo Rei);

Clínica de Atenção Básica ‘Dr. Lucilo Freitas (Parque do Lago);

Estratégia de Saúde da Família (ESF) – antigos postos de saúde do PSF ‘Manoel Bernardo de Barros’ (Unipark);

ESF ‘Maria Galdina da Silva’ (Vila Arthur);

ESF ‘Margarida Pereira Tavares’ (Manaíra);

ESF ‘Maria José Pedrosa’ (Capão Grande);

ESF ‘Binoca Maria da Costa’ (Manga);      

ESF ‘Lurico Ferreira de Magalhães’ (Souza Lima);

ESF ‘Celestina Gomes Coelho’ (Água Vermelha);

Centro de Saúde (CS) ‘Laurentino Paulo Serqueira’ (Água Limpa);

CS do Jardim Imperial;

CS da Cohab Cristo Rei;

CS do Nossa Senhora da Guia;

CS ‘Celina Batista Dantas’ (Ouro Verde);

e ainda nas unidades escolares:

Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) ‘Albella Curvo de Moraes’ (Mapim);

Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) ‘Maria Pedrosa de Miranda’ (Jardim Petrópolis).

 

Por: Da Redação - Secom/VG