Assistência Social divulga dados e alerta beneficiários de programas sociais sobre a necessidade de manter cadastros atualizados

Cadastro Único
Assistência Social divulga dados e alerta beneficiários de programas sociais sobre a necessidade de manter cadastros atualizados

Outra mudança que deve ampliar o alcance das famílias assistidas em Várzea Grande será a inclusão de mães menores de idade aptas ao recebimento do Auxílio


11/06/2020    612

A secretaria de Assistência Social de Várzea Grande tem tido um papel importante nesse período de pandemia do novo coronavírus. A Pasta é responsável por realizar o Cadastro Único, documento que possibilita as famílias várzea-grandenses a acessar benefícios de programas sociais. Essa intermediação permitiu que em maio, mais de 67,77 mil famílias em vulnerabilidade pudessem receber benefícios, como o Auxílio Emergencial.

Desse total de assistidos no mês passado, 33.001 tiveram a situação aprovada, por meio de inscrições direto no site da Caixa Econômica Federal. Já outras 34.776 foram beneficiadas por meio do Cadastro Único, que é realizado pela prefeitura, via secretaria de Assistência Social.

Conforme a secretária da Pasta, Flávia Omar, o número do mês passado pode sofrer alterações – para mais e para menos – já que o Ministério da Cidadania está atualizando o banco de dados com frequência e novas inclusões podem ocorrer. Um exemplo citado pela secretária é o seguro-desemprego. “Como há intenção do governo Federal em prorrogar por mais dois meses os pagamentos do Auxílio, pessoas que tiveram o beneficio negado até o mês passado, por estarem recebendo o seguro-desemprego, poderão fazer uma contestação e pleitear o Auxílio e passar a usufruir do recurso”.

Outra mudança que deve ampliar o alcance das famílias assistidas em Várzea Grande será a inclusão de mães menores de idade aptas ao recebimento do Auxílio.

A coordenadora do Cadastro Único e do Bolsa Família no Município, Geni Corrello, explica que do universo dos beneficiados, 33.001 foram aprovados dentro do Auxílio Emergencial. Nesse benefício, 29.632 pessoas, receberam R$ 600 e outras 3.369, receberam R$ 1,2 mil.

Outras 34.776 famílias estão sendo assistidas, em Várzea Grande, por meio do Cadastro Único. Dentro deste perfil, 17.880 recebem recursos via Bolsa Família. Desse total, 3.051, receberam R$ 600, 13.897 tiveram acesso a R$ 1,2 mil e 932 famílias, receberam R$ 1,8 mil.

Considerando ainda as famílias dentro inseridas no Cadastro Único, outras 16.896 foram beneficiadas, sendo 14.119 para receber R$ 600 e 2.777 para sacar R$ 1,2 mil.

A secretária de Assistência Social lembra a necessidade de as famílias manterem seus cadastros em dia, atualizados.  “Quem recebe Bolsa Família precisa manter seu cadastro sempre atualizado para continuar a receber o benefício. Mudanças na situação da família devem ser informadas, a qualquer tempo, no setor responsável pelo Cadastro Único/ Bolsa Família que funciona aqui na sede da secretaria”. Alguns casos que necessitam de atualização cadastral: nascimento ou morte de alguém na família, saída de um integrante para outra casa, mudança de endereço, entrada das crianças na escola ou transferência de escola e aumento ou diminuição da renda.

Mesmo que não haja nenhuma mudança, a confirmação das informações do cadastro deve ser feita obrigatoriamente a cada dois anos. Se o cadastro ficar mais de dois anos sem atualização, a família será convocada para o processo de Revisão Cadastral. “Periodicamente, o MDS faz o cruzamento a base do Cadastro Único com outros bancos de dados do governo. Aquelas famílias que apresentam diferenças nas informações cadastradas são convocadas para o processo de Averiguação Cadastral”, alerta.

O cadastro no Bolsa Família é realizado através da Prefeitura, por meio da secretaria de Assistência Social, que funciona na Avenida Castelo Branco, em frente ao Parque Ecológico ‘Tanque do Fancho’. Para o acesso das famílias, as inscrições podem ser realizadas nos quatro Centro de Referência de Assistência Social  (Cras) em funcionamento no bairro Santa Maria, no Cristo Rei, no São Mateus e do Jardim Glória.

Para conhecer o calendário completo do Bolsa Família até dezembro de 2020, acesse: http://www.caixa.gov.br/programas-sociais/bolsa-familia/Paginas/default.aspx.

Por: Marianna Peres - Secom/VG