V├írzea Grande e Caixa Econ├┤mica Federal sorteiam endere├žos das primeiras 560 casas do Santa B├írbara: Veja lista dos sorteados

Sonho da Casa Pr├│pria
V├írzea Grande e Caixa Econ├┤mica Federal sorteiam endere├žos das primeiras 560 casas do Santa B├írbara: Veja lista dos sorteados

Sorteio foi via online e divulgado atrav├ęs do YouTube do site oficial da Prefeitura de V├írzea Grande


17/06/2020    2594

O sonho da casa própria se torna realidade para 1.424 famílias de Várzea Grande. A Prefeitura e a Caixa Econômica Federal (CEF) realizaram na tarde de terça-feira (16), o sorteio de 560 apartamentos das etapas II e III do Residencial Santa Bárbara, localizado no bairro Jardim Maringá II, Região do Grande Parque do Lago, em Várzea Grande. O sorteio, realizado on-line pelo canal do YouTube da Prefeitura de Várzea Grande, foi para definir os endereços dos contemplados entre 1000 pessoas já selecionadas previamente pela CEF. 

“Estamos com muito empenho e dedicação resgatando um sonho de milhares de famílias que passarão a ter a dignidade do lar, de um teto para residir”, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos relatando as dificuldades para reverter milhares de novas casas que estavam abandonadas por não terem as obras sido concluídas após as empreiteiras que venceram as licitações entrarem em Recuperação Judicial.

O residencial pertence ao programa Minha Casa, Minha Vida e possui no total 1.424 unidades, onde as 864 unidades restantes estão sendo finalizadas e têm previsão para serem entregues já no próximo mês.

Os apartamentos são destinados às famílias que têm renda de até R$ 1.800,00 mensais. O sistema é chamado de parcelamento e não financiamento. Os beneficiados pagarão prestações com valores que variam de R$ 80 a R$ 270,00 conforme a renda, por um período de 10 anos. O restante do valor da residência é subsidiado pelo Governo Federal.

O representante da Caixa Econômica Federal, Jean Carlos de Carvalho, explicou que as famílias precisam ter muita responsabilidade em relação às residências que serão entregues, já que não é permitido vender, alugar, doar ou qualquer outro tipo de ação comercial. “Isto pode fazer com que ele perca o apartamento e ainda tenha que pagar todo o valor da residência. Além disso, o nome do contemplado vai para um cadastro único, e qualquer ação não permitida, fará com que ele não tenha mais direito a se cadastrar a outros benefícios como este”, explica o gerente.

Famílias com idosos e com pessoas portadoras de deficiência tiveram prioridades aos apartamentos térreos e com adaptação as pessoas com deficiência durante o sorteio. O secretário de Desenvolvimento Urbano, Econômico e Turismo, José Roberto de Castro Pinto explicou que assistentes sociais contratadas pela Caixa Econômica passam agora a acompanhar cada família contemplada até a assinatura do contrato de financiamento e entrega das chaves.

O gestor também enfatiza que o sorteio do endereço de cada residência ocorre em um momento essencial para muitas famílias. Elas, que já estavam em condições de vulnerabilidade social, podem ter a situação agravada por conta da crise econômica e de saúde pública em decorrência da pandemia.  José Roberto também destacou que o residencial Santa Bárbara será entregue com toda a infraestrutura, como ruas asfaltadas e água e esgoto.

Com essas 1.424 residências, a prefeita Lucimar Sacre de Campos consegue tirar do papel durante sua gestão, em conjunto com os Governos Federal e do Estado de Mato Grosso, 2.705 casas que contemplarão cerca de 10.820 pessoas levando em consideração a média das famílias brasileiras que são de 4 pessoas.

O primeiro residencial entregue foi o São Benedito na região do Grande São Matheus, com 1.281 casas e agora o Santa Bárbara com 1.424 casas na região do Grande Parque do Lago.

Em anexo estão as listas com as 1.000 inscrições consideradas compatíveis pela Caixa Econômica Federal e as duas atas com o sorteio dos endereços dos primeiros 560 moradores do Residencial Santa Bárbara.

Por: Rafaela Maximiano - Secom/VG