Prefeitura de Várzea Grande realiza 18ª edição do Emprego Solidário
EMPREGO SOLIDÁRIO

Prefeitura de Várzea Grande realiza 18ª edição do Emprego Solidário

Até o momento, 500 pessoas residentes no município já foram inseridas no mercado de trabalho, em empresas de diversos segmentos.

Apesar das frequentes oscilações da economia – e muitas delas provocadas pela pandemia da Covid-19 – várias empresas estão ampliando a sua produção e fazendo novas contratações, gerando emprego e renda para a população, e o Grupo Pereira Fort Atacadista e Supermercado Comper são exemplos de superação, e continuam apostando no aumento de seu quadro de colaboradores.

No dia 23 equipes do Centro de Referência em Assistência Social – CRAS – do bairro Jardim Glória, estarão a partir das 13h30 realizando a seleção de profissionais que queiram ocupar as seguintes funções: repositor de loja, promotor de carnes, operador de caixas, auxiliar de prevenção e auxiliar de perecíveis. Os interessados devem se dirigir ao espaço social da Igreja de São Sebastião, localizada na Avenida Júlio Campos nº 3767, munidos de documentação pessoal (Registro Geral, CPF, Carteira de Trabalho e Reservista).

De acordo com a secretária de Assistência Social, Ana Cristina Vieira, a ação faz parte do programa municipal “Emprego Solidário”, que está na sua 18ª edição, e que até o momento 500 pessoas, residentes em Várzea Grande, já foram inseridas no mercado de trabalho, em empresas de diversos segmentos. ”Estamos surpresos com o sucesso deste trabalho que está oportunizando a população local, condições de se ter um emprego e na cidade onde mora. Além do emprego as empresas parceiras oferecem ainda vários benefícios, o que aumenta o salário mensal”, destacou.  

Ana Cristina lembra que Emprego Solidário é fruto das parcerias firmadas com o Sistema S, Câmara de Dirigentes Lojistas de Várzea Grande (CDL/VG), Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso (Fecomércio) e empresas privadas.  

A secretária destacou ainda que uma das determinações do prefeito Kalil Baracat é que o programa Emprego Solidário seja de alcance a todos aqueles que necessitam de uma oportunidade e que estejam de fato em busca de um emprego. “O poder público tem feito a sua parte no que tange a programas sociais, dando apoio e suporte para aqueles que mais precisam, mas também tem ajudado aqueles que por um motivo ou outro perderam seus empregos e que buscam meios de serem inseridos novamente no mercado de trabalho e ter condições de tocar a própria vida, e é isso o propósito deste programa. Não vamos medir esforços para que novas empresas se juntem a nós, oferecendo as vagas existentes nas suas empresas. A nossa equipe está capacitada para o trabalho neste processo de seleção”, assegurou Ana Cristina.