Clínica de Atenção Primária do Parque do Lago promove ação de atendimento à criança com acolhimento diferenciado
PROJETO PILOTO

Clínica de Atenção Primária do Parque do Lago promove ação de atendimento à criança com acolhimento diferenciado

O Objetivo da ação foi de promover bem estar das crianças da Região do Parque do Lago com acesso ao atendimento completo da rede SUS

A Clínica de Atenção Primária, do Parque do Lago, na promoção da saúde integral da criança e desenvolvimento das ações de prevenção de agravos realizou ação diferenciada e atrativa na unidade, para chamar atenção dos pais para necessidade de levarem suas crianças aos postos de saúde visando dar acesso aos serviços da Rede SUS a este público.

Segundo a médica da unidade, Diandra Vilela, dentre os objetivos da ação para a promoção e qualidade da saúde das crianças, o foco  da ação foi de garantir atendimento da criança, visando a diminuição do índice de mortalidade infantil, incentivo ao aleitamento materno, acompanhamento adequado do crescimento e desenvolvimento infantil e imunização adequada.

“Recebemos as crianças do bairro e adjacências, estabelecendo uma relação cidadã e humanizada com brincadeiras, grupo infantil de animação, brinquedos à disposição, pula-pula, adotando uma postura acolhedora na recepção e atendimento desses pequenos durante todo o expediente, da sexta-feira (15), para o acolhimento, na oportunidade vacinamos e pesamos.  As crianças tiveram atendimento médico e acesso a saúde bucal, cujo compromisso foi  atrair crianças para atendimento humanizado e promover  qualidade de vida. Para que cresçam e desenvolvam todo potencial com saúde”, disse a médica Diandra, lembrando que a Área Técnica de Saúde da Criança tem como missão fortalecer a inserção das ações de saúde da criança na atenção básica como estratégia para promover a saúde integral, reduzir a mortalidade e a morbidade deste grupo, além de promoção e bem estar para que possa crescer e desenvolver com  saúde, além da prevenção de doenças garantidas pelas vacinas. "A ação deu certo e pretendemos repeti-la”, disse a médica

“Acredito que o aleitamento materno vem ao encontro do compromisso com o Pacto de Redução da Mortalidade Materna e Neonatal e com o Pacto pela Saúde. Um acompanhamento adequado para as crianças com patologias de risco, tais como: recém-nascidos em situação de risco, portadores de patologias respiratórias, desnutrição, sobrepeso, obesidade e anemia; entre tantas outras, que podem ser resolvidas com atendimento médico e tratamento oportuno”, disse a médica.

Segundo o superintendente da Atenção Primária, Geovani Renfro, a promoção e prevenção de saúde da criança deve ser desenvolvida nas unidades básicas de saúde. “As unidades dentro das diretrizes do SUS, da área técnica de Saúde da Criança, devem e podem desenvolver ações diferenciadas, não perdendo o foco do objetivo, que é a atenção integral à criança. Esta experiência da Unidade do Parque do Lago teve êxito e bons resultados, atraiu bastante crianças, e as equipes puderam atender conforme suas necessidades. Foi um dia produtivo. Esta experiência exitosa devemos compartilhar com as demais unidades porque as crianças dessa forma perdem o medo de ir ao médico, e se sentem felizes. A unidade aproveitou o mês da criança, para fazer esta nova experiência. O resultado foi positivo”, disse ele.