Fé, devoção e cultura marcam abertura do aniversário de Várzea Grande e da padroeira da cidade
155 ANOS

Fé, devoção e cultura marcam abertura do aniversário de Várzea Grande e da padroeira da cidade

Na segunda-feira, dia 02 de maio, iniciam as inaugurações de obras e lançamento de ações que envolvem recursos na ordem de R$ 215 milhões, entre recursos próprios e de convênios, além de emendas parlamentares estaduais e federais

“A festa de Nossa Senhora da Guia representa Várzea Grande, tanto é que nossa comunidade tem uma devoção imensa pela festa de Nossa Senhora da Guia, que é a Padroeira de nossa cidade. As comemorações abrem oficialmente a programação de aniversário de 155 anos de Várzea Grande, que começa hoje, primeiro de maio, com alvorada e missa de Nossa Senhora da Guia. Essa festa é de todos várzea-grandenses que têm devoção imensa por Nossa Senhora da Guia, assim como eu e minha família”, sublinhou o prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat neste domingo (01), durante a missa de Nossa Senhora da Guia, festa que também completa 155 anos e reúne famílias tradicionais, fiéis, devotos, população em geral e comunidade eclesiástica da cidade.

Ainda durante o dia foi realizada procissão e missa festiva ao cair da noite. Na segunda-feira, dia 02 de maio, iniciam as inaugurações de obras e lançamento de ações que irão presentear os munícipes no aniversário da cidade. As obras e ações envolvem recursos na ordem de R$ 215 milhões, entre recursos próprios e de convênios, além de emendas parlamentares estaduais e federais.

“Nossa Senhora da Guia é nossa padroeira, protege nosso município. É onde buscamos orientação e quem nos coloca no caminho certo, conduz nossas decisões. Além de ser uma festa tradicional da nossa cidade com envolvimento de toda comunidade, uma festa muito bonita que se estende até o dia 30 de maio.  A comemoração de Nossa Senhora da Guia está inserida na programação de aniversário da cidade, comemorado dia 15 de maio. Uma festa religiosa que retrata muito bem a fé, a devoção, comunhão, cultura e a esperança da população. Este ano teremos um pacote de obras que serão entregues com creches, escolas, asfalto novo, recapeamentos, praças públicas, entre outros, juntamente com a festa de Nossa Senhora da Guia, nossa padroeira que nos dá os nortes para administrar bem a cidade com igualdade e justiça social”, pontuou o prefeito.  

Conforme o rei da Festa de Nossa Senhora da Guia, Daniel Beck, é muito honroso e valoroso fazer parte da missão. “Maio do ano passado se encerrou o ano e começou a retomada das festividades e preparação em honra e homenagem a Nossa Senhora da Guia, Padroeira de Várzea Grande para o ano vindouro. Sou várzea-grandense filho de família tradicional, me sinto muito honrado em ter aceitado esse desafio e estar aqui hoje nestas solenidades finais, entregando esse desafio com muito orgulho, devoção, responsabilidade a essa fé, cultura e tradição que basicamente fomos criados no meio desta religiosidade, isso é muito valoroso, é o maior legado que podemos deixar para a próxima geração dar continuidade e levar adiante essa tradição”.

O rei da festa lembrou que a solenidade iniciou com alvorada e missa às 6h da manhã. A tarde, às 16h30, foi realizada procissão e o encerramento com a missa festiva da solenidade e sorteios de prêmios. "Toda a arrecadação da festa será revertida para a Paróquia Nossa Senhora da Guia e ações religiosas durante todo ano. Além da tradição, religiosidade, homenagem de honra a Nossa Senhora da Guia, a festa tem a responsabilidade de fomentar recursos para que a paróquia possa dar continuidade nos trabalhos, sendo essa a única fonte de recursos, além do dízimo que a paróquia tem para fomentar trabalho religioso”, destacou Daniel Beck.

A Rainha da Festa de Nossa Senhora da Guia, Edviges Maria Ribeiro de Moraes, explicou que as festividades religiosas começam em março, depois a bandeira visita ruas, comércio e serviço público da cidade, e as comunidades. “O encerramento é com a novena e coroação no dia 15 de maio. A festa é um símbolo de muita fé, quando se anda com a bandeira nos locais o que sentimos é muita devoção, emoção, fé das pessoas, É muito gratificante. Ser rainha é muito importante, me senti uma serva de Nossa Senhora. Estou muito feliz e emocionada, para mim foi uma renovação de fé”, frisou emocionada.

EVENTO HISTÓRICO, CULTURAL E RELIGIOSO - Este ano, a procissão de Nossa Senhora da Guia recebeu milhares de devotos, alguns inclusive de outras cidades, isso porque as comemorações contemplam o aniversário da cidade e da padroeira, ambos de 155 anos, um importante momento histórico, cultural e religioso para o povo de Várzea Grande.

Para o páraco Tarcísio Camilo de Santana, da paróquia Nossa Senhora da Guia, “este ano estamos celebrando não só como Paróquia, como comunidade, mas Várzea Grande em si, os 155 anos da devoção do povo várzea-grandense à Nossa Senhora da Guia que é padroeira da Nossa Paróquia, mas também padroeira de toda a cidade de Várzea Grande. E, a devoção a Nossa Senhora da Guia está no coração e na vida de todo várzea-grandense. Então é um momento de rendermos graças à Deus, de pedirmos a interseção da Virgem Maria e de agradecermos pela sua proteção”.

Wander Gomes é várzea-grandense, devoto de Nossa Senhora da Guia e de família tradicional da cidade, afirma que a festa à santa vem a cada ano ganhando novos adeptos. “É uma história linda, começou com uma simples capelinha e uma imagem de Nossa Senhora trazida para Várzea Grande e a devoção a cada ano que passa aumenta. Passa de geração para geração como ocorreu em minha família, onde meus antepassados que ajudaram a construir essa igrejinha, e acabou por conquistar toda a baixada cuiabana, principalmente as comunidades ribeirinhas, pois Nossa Senhora da Guia é padroeira dos navegantes”, relatou.

A devota Genoveva Marques de Lima destacou que as festividades da padroeira são atos de fé, adoração, comunhão e reverência aos milagres concedidos a ela e sua família. “Essa tradição vem dos meus pais que vieram para Várzea Grande quando se casaram, tiveram nove filhos, e eles começaram a participar fielmente da festa e da comunidade de Nossa Senhora da Guia que se perpetua na nossa família. A gente participa pela fé, pela devoção e pelas graças que recebemos. São muitas graças aos meus pais e isso também acontece comigo e com minha família. É indescritível o sentimento de participar da festa, é só estando mesmo aqui para gente realmente sentir. Quando fazemos as visitas nas comunidades nós evangelizamos, mas também somos evangelizados, isso é de grande satisfação e alegria o amor que temos por Nossa Senhora da Guia”, declarou emocionada a devota que segue religiosamente toda a programação da festa em todos os anos.

Cecília Maria de Campos Costa, de 60 anos, apesar de residir em Nossa Senhora do Livramento participa todos os anos da festa religiosa em Várzea Grande. “Sou devota e tenho muita fé em Nossa Senhora da Guia. Ela já me proporcionou muitas graças, e para àqueles que não conhecem essa festa linda vale a pena conferir”, convidou.

Confira a programação de aniversário desta segunda-feira (02/05):

10h – Lançamento das obras de pavimentação asfáltica dos bairros Parque das Nações e Terra Nova, na Rua Urubupungá/Rua Paraguai – Atrás do Mini-estádio do Bairro Mapim. 

16h – Entrega da reforma da “EMEB Senhora Dirce Leite de Campos", localizada na rua 12 do bairro Jardim Itororó.