Prefeitura abre opção para que empresários e população em geral façam doações de mudas de plantas e de valores ao Fundo Municipal do Meio Ambiente
SEMENTES DO BEM

Prefeitura abre opção para que empresários e população em geral façam doações de mudas de plantas e de valores ao Fundo Municipal do Meio Ambiente

Os objetivos são incentivar a arborização, aproximando a iniciativa privada dos órgãos e departamentos municipais, construir uma sociedade consciente e participativa dos debates ambientais, minimizar os impactos do desmatamento e das queimadas no território várzea-grandense e promover o equilíbrio do ecossistema e a sustentabilidade para as presentes e futuras gerações.

Como forma de promover a consciência ambiental coletiva e fortalecer as ações em prol do meio ambiente no município, a Prefeitura de Várzea Grande disponibiliza à sociedade o Programa Sementes do Bem, instituído pela Lei municipal nº 4.850/2021 e que consiste na livre disposição de empresários, comerciantes, Organizações Não Governamentais (ONG’s), instituições financeiras e a sociedade em geral em promoverem contribuições financeiras ao Fundo Municipal do Meio Ambiente de Várzea Grande (FMMA) e fazerem doações de mudas típicas do Cerrado diretamente à Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável (SEMMADRS).

Os objetivos do programa são incentivar a arborização do município, aproximar a iniciativa privada dos órgãos e departamentos municipais de Meio Ambiente, construir uma sociedade consciente e participativa dos debates ambientais, minimizar os impactos do desmatamento e das queimadas no território várzea-grandense e promover o meio ambiente ecologicamente equilibrado para as presentes e futuras gerações.

“A lei que institui o programa Sementes do Bem passou a ter efetividade na gestão do prefeito Kalil Baracat. O programa é muito interessante porque há uma adesão por parte do setor empresarial em relação à questão ambiental. Grandes empresas sempre exploram ações com respeito ao meio ambiente. Os próprios consumidores estão buscando empresas que têm responsabilidade socioambiental”, afirma o secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável, Célio Santos.

Ele destaca ainda que os valores doados ao Fundo Municipal do Meio Ambiente somente podem ser destinados a ações de interesse ambiental, como cercamento de áreas verdes e áreas de preservação e proteção, educação ambiental, estruturação da Secretaria de Meio Ambiente, entre outros. “Atualmente, nós temos um projeto de construção do Viveiro Municipal no Parque Bernardo Berneck, que terá custo de implantação de R$ 360 mil, sendo R$ 200 mil oriundos do Governo do Estado e R$ 160 mil do Fundo Municipal. Também recebemos autorização do Conselho Municipal de Meio Ambiente para implantar a base do Corpo de Bombeiros dentro do Parque Berneck, que terá custo aproximado de R$ 300 mil, recurso total do Fundo” elenca o gestor.

Autora do projeto de lei que agora está sendo implantado, a vereadora Rosy Prado lembra que a iniciativa nasceu da vontade de colocar Várzea Grande no rumo da Sustentabilidade. “Enquanto membra da Comissão do Meio Ambiente, a demanda do reflorestamento já era um dos pilares do início do nosso mandato, consolidando-se a partir de ações desta proporção, muito bem recebidas e desenvolvidas pelo Executivo. A lei, além de incentivar a arborização no município, aproxima a iniciativa privada aos órgãos públicos, construindo uma sociedade mais consciente e sustentável”, afirma a parlamentar.

Contrapartida

Conforme a lei nº 4.850/2021, para assegurar a interação entre os doadores, órgãos municipais de Meio Ambiente e sociedade em geral, poderá ocorrer anualmente uma solenidade de entrega de doações em data e local público, definidos pelo Executivo Municipal. Durante tal evento, os doadores poderão fazer publicidade e propaganda de suas marcas.

“Hoje em dia, a pegada ambiental está presente em todos os setores da sociedade, inclusive no setor empresarial. É objeto de marketing divulgar que sua empresa respeita as normas ambientais, tem responsabilidade ambiental, tanto é que temos recebido muitas propostas de parceria exatamente para que a empresa se identifique com a questão ambiental. É uma forma deles contribuírem com a sociedade”, afirma o secretário Célio Santos.

Como doar mudas de plantas

As mudas de plantas típicas do Cerrado podem ser entregues no Parque Bernardo Berneck, localizado na Avenida Governador Júlio Campos, s/n, entre os bairros Marajoara e Jardim Paula 1. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 6h às 10h e das 15h às 18h. Aos sábados, domingos e feriados, o horário disponível é das 15h às 18h.

Como doar recursos para o Fundo Municipal do Meio Ambiente

Qualquer cidadão pode realizar a doação financeira para o Fundo. Importante lembrar que o depósito deve ser identificável ao Programa Sementes do Bem. Veja os dados:

Depósito voluntário para: Fundo Municipal do Meio Ambiente de Várzea Grande

Conta corrente: 2892/04

Agência: 2764/02

Banco do Brasil

CNPJ: 035075481000/10