Lactantes são orientadas sobre importância da amamentação no Hospital Materno-Infantil de VG
AGOSTO DOURADO

Lactantes são orientadas sobre importância da amamentação no Hospital Materno-Infantil de VG

Mês dedicado à promoção, proteção e apoio ao aleitamento. A cor dourada está relacionada ao padrão ouro de qualidade do leite materno, uma vez que a OMS e o Ministério da Saúde recomendam que as crianças sejam alimentadas exclusivamente com o leite materno até os seis meses de idade e de forma complementar até pelo menos 2 anos de idade.

Cerca de 15 puérperas (mães que tiveram bebês nos últimos 45 dias), acompanhadas de seus bebês, companheiros e mães, participaram de uma palestra sobre a importância da amamentação, na manhã da última quinta-feira (25), no Hospital Materno-Infantil de Várzea Grande. O evento alusivo ao Agosto Dourado, mês de promoção, proteção e apoio ao aleitamento, contou com a presença da subsecretária municipal de Saúde, Maria das Graças Metelo, e da primeira-dama, promotora de Justiça Kika Dorilêo Baracat, que destacou a alegria em poder falar sobre um tema vital.

“Sabemos que a criança que recebe o leite materno é uma criança diferenciada, saudável, que vai crescer forte. E nada mais importante de que nós reforcemos isso, que as mamães aprendam a amamentar porque, às vezes, nós achamos que é tudo muito natural. Para algumas é, mas para outras, não é. Às vezes nós precisamos aprender a amamentar, ensinar a criança a pega correta e tudo isso pode ser aprendido. Desejo que todas vocês possam passar por esse processo porque também é uma lembrança que fica pra sempre”, disse a primeira-dama.

No evento, a médica Gabriela Zandonaide realizou uma dinâmica em grupo para abordar os mitos e verdades sobre a amamentação, relacionados à alimentação, uso de medicamentos, aspectos emocionais e físicos, composição do leite, entre outros que impactam no ato de amamentar. “Fico feliz em perceber que as mamães aqui presentes estão antenadas com os mitos e verdades da amamentação. Fato importante para propagarmos às nossas conhecidas e vizinhas que desconhecem e ainda acreditam em crendices”, destacou.

No intuito de levar mais conhecimento às recém-mães, a enfermeira do hospital, Carla Nicole de Oliveira, fez uma palestra sobre as vantagens do aleitamento materno para a saúde da mãe e do bebê, com aula prática sobre a postura e pega correta na amamentação. Também foram abordados os direitos legais da mãe lactante, pela assistente social do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de Várzea Grande, Aparecida Soares. Já a nutricionista Daniela Rodrigues de Farias levou informações sobre os cuidados na alimentação das mães.

Agosto Dourado – Mês dedicado à promoção, proteção e apoio ao aleitamento. A cor dourada está relacionada ao padrão ouro de qualidade do leite materno, uma vez que a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde recomendam que as crianças sejam alimentadas exclusivamente com o leite materno até os seis meses de idade e de forma complementar até pelo menos 2 anos de idade.

No Hospital Materno-Infantil, todas as mães que ganham seus filhos na unidade já são abordadas e orientadas sobre a importância de amamentar. Na rede de atenção primária à saúde, eventos alusivos ao Agosto Dourado têm ocorrido ao longo de todo este mês, nas unidades básicas de saúde.